Bastou a única ausência de Ronaldo desde seu retorno aos gramados para o Corinthians ficar sem balançar a rede pela primeira vez na temporada. Com um futebol apático e pouco criativo neste domingo, o time alvinegro precisou se contentar com um empate por 0 a 0 com o Santo André no estádio Bruno José Daniel. Desta maneira, a equipe de Mano Menezes perdeu a chance de encostar novamente na liderança do Campeonato Paulista.

A igualdade deixou o Corinthians com 30 pontos, três a menos que o primeiro colocado, Palmeiras, que ainda possui um jogo a disputar. O Santo André, por sua vez, não obteve o quarto triunfo consecutivo e chegou aos 26 pontos, empatados com o São Paulo, quarto lugar.

"Não foi um bom jogo. Ficamos abaixo do que vínhamos apresentando nas últimas partidas. Pecamos em alguns aspectos e agora temos a semana inteira para nos preparar", lamentou o goleiro Felipe.

Sem poder assistir ao atacante Ronaldo, poupado por Mano Menezes, a torcida alvinegra precisou se contentar em prestigiar o ídolo Marcelinho Carioca do lado adversário. Com direito à imagem do meia pintada em uma das faixas na arquibancada, os fãs viram apenas uma atuação apagada do experiente jogador, sem momentos brilhantes.

Com a presença de dois atacantes velozes – Jorge Henrique e Dentinho -, o Corinthians começou a partida com pouca posse de bola. Por isso, não pôde aproveitar os atletas no início do confronto. Ao mesmo tempo, o Santo André também teve dificuldades para sair, o que permitiu aos visitantes adotarem uma postura mais ofensiva e dominante no decorrer do primeiro tempo.

Conforme passou a acertar mais passes, a equipe alvinegra criou bons lances no ataque, impedidos pelo goleiro Neneca. Só nos instantes finais antes do intervalo que os anfitriões voltaram a igualar o jogo, mas sem marcar. "Criamos pouco para merecer o gol. Temos que trabalhar mais a bola, falta inteligência para jogar na frente", lamentou o volante Túlio antes de ir para o vestiário.

A etapa complementar começou mais movimentada para ambos os lados, com as jogadas trabalhadas de maneiras mais rápida. Aos 21min, Mano Menezes promoveu a entrada de Lulinha no lugar de Túlio, o que deixou os visitantes com mais mobilidade no meio.

Com a expulsão de Marcel aos 28min, o Corinthians ficou mais motivado e se lançou para o ataque. O time da casa, porém, mostrou boa forma na defesa e conseguiu segurar as investidas rivais até o fim.

Agora, o Corinthians volta as atenções ao clássico do próximo domingo contra o Santos, no Pacaembu, que deverá marcar o retorno de Ronaldo ao time. Já o Santo André tem compromisso um dia antes pela 15ª rodada do Campeonato Paulista diante do Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.

SANTO ANDRÉ 0 x 0 CORINTHIANS

Data: 15/03/2009 (domingo)
Local: estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Everson Luquesi Soares (SP)
Público: 7.993 torcedores
Renda: R$ 313.410,00
Cartões amarelos: Marcel 2, Ricardo Conceição, Pablo Escobar, Élvis (STO); André Santos, Otacílio Neto (COR)
Cartão vermelho: Marcel (STO)
Gols:

Santo André
Neneca; Cicinho, Cesinha, Marcel e Élvis; Fernando, Ricardo Conceição, Marcelinho Carioca e Pablo Escobar (Chiquinho); Júnior Dutra (Marcel) e Antônio Flávio
Técnico: Sérgio Guedes

Corinthians
Felipe; Fabinho, Chicão, William e André Santos; Cristian, Túlio (Lulinha), Boquita e Douglas (Otacílio Neto); Jorge Henrique (Souza) e Dentinho
Técnico: Mano Menezes

 

UOL

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário