Poupado do treino da sexta-feira, com dores na coxa direita, o zagueiro Ronaldo Angelim foi submetido a uma cirurgia em razão de uma síndrome compartimental aguda e ficará de fora do time do Flamengo por seis semanas.

 

Angelim chegou a fazer tratamento fisioterápico na sexta, mas sentiu um "estalo" na coxa, que sofreu um inchaço. O jogador foi encaminhado ao hospital onde foi operado pelo médico José Luiz Runco, em procedimento que durou 40 minutos. O zagueiro terá alta no domingo.

 

Apesar da cirurgia, Angelim não entraria em campo no domingo para o clássico com o Botafogo. O técnico Cuca pretendia poupar o jogador, que está pendurado com dois cartões amarelos. O treinador vai definir o time titular somente após o treino deste sábado.

 

 

Agência Estado

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Clubes de futebol do Sertão adotam medidas drásticas para não fechar portas

A pandemia de coronavírus e a recomendação do Ministério da Saúde de evitar aglomerações promoveram mudanças no futebol paraibano. Muitos clubes para não fechar as portas adotaram medidas extremas, como…