Por pbagora.com.br

Candidato à presidência do Campinense encabeçando a chapa União Raposeira, o ex-diretor de comunicação do clube, Phelipe Cordeiro, garantiu em entrevista a Rádio CBN que caso seja eleito, vai fazer uma espécie de convocação para que os torcedores ajudem no que ele classificou como projeto de reconstrução do clube.

Ele falou sobre suas propostas caso seja eleito para o cargo máximo dentro da política rubro-negra.

A disputa pela presidência do Campinense Clube tem dois nomes polarizando o processo: o próprio Phelipe Cordeiro, que tem como candidato a vice Cláudio de Oliveira Leôncio Pinheiro, mais conhecido como Cacau. Essa chapa acabou sendo batizada de União Raposeira. Em contrapartida, aparece a chapa do empresário Carlos Gonzaga, que terá como candidato a vice-presidente Júlio César. A chapa foi nomeada de Ressurgimento Rubro-Negro.

A votação para a escolha da nova diretoria executiva do Campinense está marcada para o próximo domingo, no Estádio Renatão, e o vencedor permanece no cargo até o fim do próximo ano, no chamado mandato tampão, para completar o tempo que seria de mandato de Paulo Gervany, que renunciou ao cargo após a eliminação do time na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.

Redação

Deixe seu Comentário