Primeiro foi o presidente de honra da Fifa, João Havelange. Agora foi a vez de Pelé defender a candidatura do atual presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para ser o presidente da Fifa, entidade que dirige o futebol mundial.

Primeiro foi o presidente de honra da Fifa, João Havelange. Agora foi a vez de Pelé defender a candidatura do atual presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para ser o presidente da Fifa, entidade que dirige o futebol mundial.

"Esta história está acontecendo desde ano passado, retrasado, mas não sei o que vai acontecer. Havelange foi um brasileiro [na presidência da Fifa] e foi importante para o país. Se o Ricardo Teixeira se candidatar, claro que vou apoiar, se precisar", afirmou Pelé, nesta quarta-feira, em um evento em Guarulhos (SP).

Na segunda-feira (22), Havelange já havia comentado a possibilidade e o apoio publicamente. "Ele já administra bem a CBF, fala bem inglês, francês, fez vários cursos, com certeza seria um grande administrador da Fifa e me daria uma grande alegria", disse o ex-presidente da entidade em entrevista coletiva.

CAMPEONATO BRASILEIRO

Pelé ainda defendeu novamente a disputa dos pontos corridos no Campeonato Brasileiro e saiu em defesa também do São Paulo. Para ele, o time paulista não fez corpo mole na derrota por 4 a 1 contra o Fluminense, no último domingo.

"Gostaria de deixar registrado que alguns jornalistas disseram que o São Paulo vendeu para o Fluminense. Todos viram que o Corinthians empatou com o Vitória. O São Paulo perdeu para o Fluminense e isto é normal. Esta coisa de entregar o jogo não existe", afirmou o ex-jogador.

"Já tive momentos dentro de campo em que ia jogar contra times do interior e o zagueiro falava: ‘Puxa Pelé, se a gente perder vai ser rebaixado’. Isto acontece, como acontece incentivos, mas para perder jogo já depende do caráter de cada um", completou.

Pelé afirmou ainda que não vê o Fluminense como campeão do Brasileiro de 2010. "O campeonato ainda não se decidiu, está emocionante. É difícil ver um campeonato com três times com chances de ser campeão. Não dá para falar que o Fluminense já ganhou", concluiu.
 

 

Folha

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Palmeiras vence Fortaleza e chega à 4ª vitória seguida com Mano Menezes

O Palmeiras segue firme na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time comandado por Mano Menezes visitou o Fortaleza, na Arena Castelão, e voltou para casa com…