Por pbagora.com.br

As preleções dos treinadores são quase sempre tratadas como segredo absoluto. O técnico do Corinthians, Mano Menezes, não foge à regra. Mas no caso do jogo desta quarta-feira, contra o Vasco, no Rio de Janeiro, pela semifinal da Copa do Brasil, o comandante alvinegro revelou um dos temas da sua conversa com os jogadores.

Em tom de brincadeira, Mano falou sobre a importância de Ronaldo para o time e do fato de os outros atletas estarem preocupados com a ausência do craque, fora da partida por conta de uma lesão na panturrilha direita. Elias e Alessandro, na última segunda-feira, lamentaram a perda de poder ofensivo na ausência do camisa 9.

– Eu também me sinto mais confortável com o Ronaldo em campo, assim como os torcedores. E se os atletas acham tão importante a presença dele na decisão, eu vou pedir antes do jogo que eles tragam para São Paulo um bom resultado – avisou o comandante da equipe do Parque São Jorge.

Desde que o Fenômeno estreou com a camisa alvinegra, o Corinthians tem 68% de aproveitamento com ele em campo e vê o desempenho cair para 53% quando o craque é desfalque. Mano, no entanto, acha injusto fazer essa comparação. Afinal, Ronaldo estreou apenas no dia 4 de março, contra o Itumbiara, na Copa do Brasil.

 

Não dá para fazer uma comparação, porque temos toda uma campanha antes da estreia dele – analisou o treinador do Timão.

Para o lugar de Ronaldo contra o Vasco, o técnico corintiano tem duas opções. Ou escala Souza e mantém o esquema com três atacantes ou então coloca mais um jogador de meio-campo (Boquita ou Morais) e fica com Dentinho e Jorge Henrique na frente. De qualquer maneira, a equipe terá de correr mais.

– Nós vamos ter de superar a ausência do Ronaldo com mobilidade, velocidade e movimentação – finalizou o treinador do Timão.
 

 

 

GloboEsporte

Deixe seu Comentário