Depois de empatar sem gols com o rival Campinense, domingo passado, o Treze tem mais um clássico decisivo hoje, quando enfrenta o Botafogo, às 16h, no Estádio ‘Amigão’, em Campina Grande. Válido pela penúltima rodada do Campeonato Paraibano, correspondente ao primeiro turno, o jogo coloca frente a frente dois times que lutam diretamente por uma vaga na próxima fase, já que dividem a quarta colocação, com sete pontos ganhos, sendo que o Belo aparece na frente pelo saldo de gols.

Neste Clássico Tradição, trezeanos e botafoguenses, além dos três pontos que estarão em jogo, vão tentar conquistar definitivamente a confiança de seus torcedores, devido às campanhas irregulares que realizam na temporada. O Galo, após um início desastroso, quando foi goleado pelo Sousa por 4 a 0, venceu duas seguidas diante dos patoenses Esporte e Nacional. Mas, depois voltou a decepcionar, ao perder para o modesto Internacional, em João Pessoa, por 2 a 0, mesmo atuando com um jogador a mais durante maior parte do jogo.

Já o Botafogo, também não fica atrás. Após perder na estreia para o Nacional, fora de casa, o time se recuperou e venceu o Internacional, mas em seguida foi derrotado pelo Esporte, fora, e na rodada seguinte bateu o Sousa com a convincente vitória por 2 a 0. No entanto, no domingo passado, frustrou sua torcida ao empatar sem gols em casa com o lanterna Queimadense.

No Galo, o técnico Quintino Barbosa, que não conta com o volante Roni, expulso diante da Raposa, espera que os atacantes acertem a pontaria neste Campeonato Paraibano. Com apenas dois gols marcados na competição, o Galo precisa vencer e melhora o saldo de gols.

O atacante Ernandes foi o único que marcou até agora na estadual (o outro gol do Galo pelo nacionalino Alemão, contra). Para ele, além de se tratar de um clássico, o jogo será um atrativo a mais para o torcedor, já que outras equipes estão interessadas nesse resultado.

“Dependemos de nós mesmos para conseguir a classificação e jogando dentro de casa, com o apoio do nosso torcedor, não podemos desperdiçar esses pontos”, afirmou Ernandes.

O atacante Nonato, por sua vez, reconhece que o time teve diversas oportunidades de gols, que não foram aproveitadas no clássico diante do Campinense, mas promete mais empenho, como também dos companheiros para que o time acabe com “jejum” de gols. “Trabalhamos diariamente para aprimorar nossos fundamentos e no jogo deste domingo, esperamos que os gols saiam”, disse confiante o atacante.

No Botafogo, a semana começou com a notícia da dispensa do meia Fabinho Fontes, que vinha sendo titular da equipe. Por outro lado, a contratação do ex-raposeiro Fabiano Silva animou a torcida. O jogador espera reeditar as boas apresentações do ano passado.

“O Treze é um grande adversário, ainda mais jogando em casa. Mas precisamos da vitória e vamos jogar em cima deles”, avisou.

Sem poder contar com o lateral Renatinho, expulso contra a Queimadense, o técnico Celso Teixeira decidiu inovar no esquema tático, trocando o 4-4-2 pelo 3-5-2. Assim, Claudinho ganha uma chance na zaga, compondo o trio com Alan e Pedrosa.

“O time foi muito mal contra a Queimadense e precisa dar uma resposta para a torcida. Trabalhos duro durante a semana para ter um rendimento melhor no clássico”, disse Celso Teixeira, que avisou: a vitória é o único resultado que interessa.
 

Jornal da Paraíba

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário