Por pbagora.com.br

O Palmeiras está na final do Campeonato Paulista. Nos pênaltis, o Verdão bateu o Santos e se classificou para a decisão – espera a definição do confronto entre Corinthians e São Paulo. No tempo normal, o Peixe venceu por 2 a 1, com gols de Sasha e Rodrygo (Bruno Henrique fez o do Palmeiras). Como o Verdão havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0, a decisão foi para os pênaltis. E aí brilhou a estrela de Jailson. O goleiro pegou a cobrança de Diogo Vitor, e o Palmeiras venceu a disputa por 5 a 3.

Independentemente de passar Corinthians ou São Paulo, é certo que o primeiro jogo da decisão será no sábado, às 16h30, com o Palmeiras como visitante. A mudança do domingo para o sábado se dá porque o Verdão tem um compromisso pela Libertadores na terça-feira seguinte (dia 3), contra o Alianza Lima, em casa.

Sem Marcos Rocha, lesionado, Roger Machado escalou Tchê Tchê na lateral direita. Foi a única grande mudança em relação ao time que havia vencido o Santos no sábado por 1 a 0. Por mais irônico que possa parecer, o Verdão teve muito mais volume de jogo, inclusive no primeiro tempo, em que perdeu por 2 a 1 – o problema foram as desatenções do sistema defensivo (Sasha sobe sozinho no primeiro gol, Victor Luis dá condição a Rodrygo no segundo, nas duas únicas vezes em que o Santos passou do meio-campo).

 

Na etapa final, Roger trocou Lucas Lima, muito apagado, por Guerra. Mas, diante de um Santos muito recuado, tudo o que Palmeiras fez foi alçar bolas na área. Deyverson, recuperado de lesão, fez seu primeiro jogo no ano, substituindo Willian. Moisés também entrou, no lugar de Bruno Henrique. Nada mudou. E a decisão foi para os pênaltis.

globoesportes.com

Deixe seu Comentário