Por pbagora.com.br

 Um dos principais nomes da história do basquete brasileiro, Oscar Schmidt deu entrada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, na noite de terça-feira com uma arritmia cardíaca.

Em tratamento de um tumor no cérebro desde abril do ano passado, o ex-jogador, que ficou conhecido pelo apelido "Mão Santa" temia que o descompasso tivesse alguma relação com a doença, mas a hipótese foi descartada pelos médicos.

Oscar continua internado em observação e aguarda resultado de exames que explicarão a origem da arritmia. De acordo com a assessoria de imprensa do ex-jogador, o descompasso pode ter sido causado por uma gripe mal curada ou até por algum desconforto emocional. Ainda não há previsão de alta.

Oscar Schmidt batalha contra um câncer no cérebro desde 2011, quando a doença foi diagnosticada. Após realizar tratamento, o câncer voltou em abril do ano passado. Ele foi submetido a uma cirurgia e sessões de quimioterapia durante dois meses. Hoje, realiza um monitoramento periódico.

Recordista mundial de pontos marcados, com 49.703, Oscar Schmidt é considerado um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos e se orgulha de ter sido campeão dos Jogos Pan-Americanos em 1987 numa final contra os Estados Unidos em Indianápolis. Em setembro do ano passado, ele passou a figurar no Hall da Fama do Basquete.

 

Futebol Interior