Por pbagora.com.br

A escalação de Obina ainda nem está confirmada, mas o atacante exibe a confiança para finalmente dar um ponto final na má fase que o acompanha em 2009, na partida contra o Internacional, nesta quarta-feira, às 21h50m, no Beira-Rio, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na dependência da liberação ou não de Emerson para saber se será titular, o camisa 18 admite a situação complicada que vive, mas mantém o otimismo.

– Não vou ficar o ano inteiro sem fazer gol. Uma hora a bola vai entrar. Sei que minha situação é mais difícil que a do time. Vou tentar melhorar para as coisas voltarem a ser como antes.

Excluído da relação de jogadores que enfrentaram o Avaí pelo Brasileirão no último fim de semana, Obina reconhece que os trabalhos físicos podem fazer a diferença a seu favor.

– Para mim esse tempo treinando foi fundamental. Estava precisando melhorar a forma física para ter mais fôlego.

O retrospecto contra o Colorado pesa a favor do jogador, que já marcou três vezes nos gaúchos em Porto Alegre.

– Graças a Deus sempre fiz gols no Inter. Sei da qualidade dos zagueiros deles, mas vou tentar fazer tudo certo e ajudar o Flamengo a conquistar a vitória.

Em 16 partidas na temporada, Obina ainda não balançou as redes.

 

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Oliveira Canindé pode reassumir o Campinense na Série D do Brasileiro

O técnico Oliveira Canindé pode reassumir o Campinense para comandar a equipe no restante da Série D do Brasileiro. Com a saída de Givanildo Sales do comando técnico da Raposa,…