A diretoria do Fluminense ainda busca um nome de consenso para assumir a vaga do técnico René Simões, que não deverá ficar no cargo para a disputa da Taça Rio. Mas Carlos Alberto Parreira, ex-técnico da seleção brasileira e com passagens pelo Tricolor, novamente ganha força dentro do clube. O acerto está próximo.

 

Ele foi convidado para dirigir o time do Fluminense no fim do ano passado, mas preferiu permanecer com o seu cargo na Traffic, grupo de investimentos que tem parceira com o clube. E seria exatamente esta proximidade entre o Fluminense e a Traffic que poderia facilitar a contratação de Carlos Alberto Parreira. Um contrato já foi apresentado para o treinador campeão mundial em 1994 e a resposta ficou de ser dada ainda nesta sexta-feira.

 

O técnico preferido pelo presidente da patrocinadora do clube, Celso Barros, é Renato Gaúcho, mas ele esbarra na negativa dada pelo presidente Roberto Horcades e por outros dirigentes da cúpula tricolor. A torcida também não aprova a volta do treinador que levou o time ao vice-campeonato da Libertadores no ano passado. Outros nomes especulados nas Laranjeiras são os de Alexandre Gallo, PC Gusmão e Péricles Chamusca.

 

Entenda como René Simões ficou na corda-bamba

 

Depois de livrar o Fluminense do rebaixamento para a Série B no Campeonato Brasileiro do ano passado, René Simões começou a temporada com moral entre os dirigentes tricolores. Mas a derrota para o Cabofriense logo na estreia do Campeonato Carioca, um novo tropeço para o Duque de Caxias e a eliminação na semifinal da Taça Guanabara para o Botafogo fizeram a paciência da diretoria acabar.

 

Além disso, a barração de jogadores contratados pela patrocinadora, como Jailton, Leandro Domingues e Diguinho, sendo que eles nem ficaram como opções no banco de reservas, ajudou a piorar a situação. Assim como a saída de Conca do time na partida contra o Nacional-PB, nesta quinta-feira.

 

globoesporte.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

SOS: Jogadores do Bahia entrarão em campo com camisa manchada de óleo

Em protesto contra o vazamento de óleo que assola as praias do Nordeste, o Bahia entrará em campo nesta segunda-feira (21) pelo Campeonato Brasileiro contra o Ceará, em Pituaçu, com…