Antes da partida, reverências ao eterno ídolo e ao jovem talento. Os gritos das arquibancadas do Pacaembu para Giovanni, referência do time vice-campeão Brasileiro de 1995, foram altos. Mas não bateram os destinados ao jovem santista Neymar. E no duelo da experiência contra a juventude, venceu aquele que contava com a molecagem.

 

Com gols do veterano Roni e dos jovens Paulo Henrique, atleta paraense que foi para o Santos por indicação de Giovanni, e Neymar, o Santos amplicou 3 a 0 no Mogi Mirim nos 45 minutos finais da partida.

 

De quebra, a equipe de Vagner Mancini chegou aos 27 pontos e voltou a ocupar o grupo dos quatro melhores do Campeonato Paulista, na quarta posição. O Mogi Mirim, por sua vez, segue na lanterna do torneio, com nove
 

 

Na próxima quarta-feira, o Santos volta a jogar, mas pela Copa do Brasil, contra o Rio Branco-AC, na Vila Belmiro. Pelo Paulista, a equipe alvinegra só volta a atuar no domingo, no clássico com o Corinthians, em São Paulo.

 

globoesporte.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Botafogo vence CSA e Bahia tropeça em casa

Do uniforme ao estilo de jogo, o Botafogo mostrou um novo visual e venceu o CSA por 2 a 1, nesta segunda-feira, no Nilton Santos. No segundo jogo sob o…

Alisson, Firmino e Marta são finalistas da Bola de Ouro

A revista France Football divulgou nesta segunda-feira a lista de candidatos ao seu prêmio anual e incluiu três brasileiros entre os candidatos à Bola de Ouro. O goleiro Alisson e o atacante Roberto Firmino, ambos do Liverpool,…