A Paraíba o tempo todo  |

Mistão faz a sua parte, vence o Remo, e Fla está nas oitavas-de-final

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

De olho no Fla-Flu de domingo, válido pela semifinal da Taça Rio, Cuca escalou cinco reservas como titulares contra o Remo na noite desta quarta-feira e não se arrependeu. O time misto do Flamengo precisou jogar bem apenas alguns minutos do segundo tempo para vencer por 2 a 0 em Belém e avançar logo para as oitavas-de-final da Copa do Brasil (assim como na primeira fase, o time visitante que vence por dois ou mais gols se classifica sem a necessidade de jogar em casa). Agora, o Fla espera pelo vencedor do confronto entre Paraná Clube e Fortaleza, que fazem o primeiro jogo na próxima semana.

 

Primeiro tempo com erros em demasia

Os rubro-negros podem até argumentar que faltou entrosamento, mas o fato é que o time jogou muito mal, sem qualquer organização e errou quase tudo que tentou, assim como os donos da casa, nos primeiros 45 minutos. Diante disso, mesmo com o Mangueirão lotado, o público se manteve quieto, sem empolgação com a quantidade imensa de passes errados e a falta de pontaria dos dois lados

O primeiro lance de perigo foi do Remo, aos cinco minutos. Jaime arriscou de perna esquerda de fora da área, e a bola passou rente ao travessão de Bruno. Pouco depois, Helinho ganhou dividida com Everton Silva, fez boa jogada pela esquerda e cruzou, mas Marcelo Maciel completou para fora.

O Flamengo só conseguiu levantar sua torcida aos 27, quando Emerson arriscou uma bomba do lado direito da grande área e acertou o travessão. Aos 30, Beto cobrou falta de longa distância à direita de Bruno. No mais, até o apito do árbitro José Henrique de Carvalho, nada de bom aconteceu na primeira etapa.

 

Fierro entra, e time rubro-negro melhora muito

 

O time rubro-negro voltou do intervalo com uma alteração: Fierro na vaga de Erick Flores, e melhorou instantaneamente. Aos quatro minutos, Emerson fez bela jogada no bico esquerdo da área e colocou com estilo, mas a bola passou por cima do gol paraense. Aos oito. Fierro cruzou da direita, Emerson cabeceou para o gol, a bola desviou em Ibson e sobrou para Willians, que tocou para o fundo das redes para fazer 1 a 0. Aos 13, quase o empate do Remo. Jaime cobrou falta, Bruno deu rebote, mas conseguiu tocar a escanteio antes que algum atacante adversário chegasse na bola.

 

Aos 16, mais um do Fla. Fierro fez outra boa jogada, tocou para Kléberson, que deu lindo passe para Emerson. Tranquilo, o camisa 11 bateu sem chance para o goleiro Adriano. Foi o segundo gol do atacante em dois jogos com a camisa rubro-negra.

 

Com a vantagem, o time carioca passou a segurar um pouco mais a posse de bola e tentar controlar o jogo. Só que, com isso, chamou o Remo para o seu campo e quase levou um gol aos 36. Bebeto pegou bem de cabeça e mandou a bola no travessão. Mas o jogo terminou 2 a 0 mesmo. Melhor para os rubro-negros, que agora só pensam no Fluminense.

 

G1

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe