A Paraíba o tempo todo  |

Justiça cancela jogo entre Botafogo-PB e Náutico que seria realizado nesta 2ª

 O vereador de João Pessoa, Renato Martins (PSB), informou na tarde deste domingo (26) que a juíza plantonista Liliane Correia deferiu um mandado de segurança impetrado por ele na Justiça comum pedindo a anulação da decisão da CBF em transferir o jogo entre o Botafogo da Paraíba e Náutico de Pernambuco pela Copa do Nordeste, para Goianinha, no Rio Grande do Norte.

 

Na opinião do vereador, a decisão de tirar o mando de campo do Botafogo foi um atentado contra a torcida paraibana. "Decidimos ir à justiça e com isso mandar um recado importante para a CBF, o de que a torcida está atenta e não vai aceitar elitismo. 2014 é o grande ano para o crescimento do Botafogo porque o time paraibano participa de competições importantes como a Copa do Nordeste, a série C do Brasileiro e Copa do Brasil e colocar os jogos para fora de casa compromete o time, porque o deixa distante de sua torcida".

 

Com a decisão liminar, o jogo entre Botafogo e Náutico marcado para segunda-feira (27) em Alagoinha, no Rio Grande do Norte, não deve ser realizado.

 

Renato Martins explicou que num primeiro pedido impetrado no sábado (25), indeferido pela juíza plantonista, a magistrada solicitou documentos que comprovassem que o estádio Almeidão teria condições de realização dos jogos.

 

"Fomos até a Polícia Militar e conseguimos os documentos que comprovam que as ocorrências policiais do último jogo entre Botafogo e Sport de Recife, foram provocadas pela torcida do Sport e não por torcedores do Botafogo e que o estádio Almeidão tem as condições de segurança necessárias para abrigar os jogos do time paraibano", disse.

 

Com os laudos para Polícia Militar, conforme o vereador, um pedido de reconsideração foi encaminhado à juíza que desta vez deferiu o pedido, determinando que o Botafogo possa ter de volta o mando de campo e realizar as partidas em casa, no estádio Almeidão.

Redação com Correio

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe