Fábio Costa voltou a criticar alguns diretores do Santos. Segundo o capitão, alguns dirigentes deveriam defender mais o clube fora dos gramados, principalmente em relação à arbitragem. O goleiro considera perigoso os atletas ficarem reclamando da arbitragem, já que podem ficar marcados pelos próprios árbitros.

Questionado se alguns diretores poderiam ficar chateados com a sua postura, Fábio Costa disparou e disse que não está preocupado em agradar.

"Em primeiro lugar não estou aqui para agradar ninguém. Estou procurando o interesse do clube. Não quero ficar falando de arbitragem, mas foi por isso que pedi para a diretoria fazer isso, porque nós ficamos muitos expostos. O Santos tem muitos diretores que deveriam falar", disse o goleiro, que continuará defendendo o clube caso os cartolas não venham a fazer.

"Eu vou procurar fazer isso, mesmo que não agrade alguns diretores. Não estou aqui para não agradar ninguém. Foi só um alerta para as pessoas reverem algumas atitudes", completou o goleiro.

Os santistas voltaram a reclamar da arbitragem após o empate com o Bragantino por 2 a 2, na última quinta-feira, em Bragança Paulista. O goleiro contestou que o primeiro gol dos donos da casa, marcado por Malaquias, estava em posição de impedimento.

Preocupado com a arbitragem do clássico deste domingo, diante do São Paulo, que será apitado por Wilson Luiz Seneme, Fábio Costa mandou um recado ao árbitro.

"Juiz não tem que me agradar. Ele tem que entrar e fazer o trabalho dele. Espero que ele faça uma grande partida, e o jogo seja decidido pelos atletas", disparou o goleiro.

 

terra

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário