Por todos os clubes pelos quais passou (América Mineiro, Cruzeiro e Lyon, da França), o atacante Fred sempre estreou fazendo gols. E seria diferente pelo Fluminense? Claro que não. Na tarde deste domingo, na partida contra o Macaé, pela terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o camisa 9 tricolor marcou duas vezes na vitória por 3 a 1, de virada, no Maracanã. Thiago Neves, na etapa final, deu números finais à partida, enquanto que o atacante Wallacer foi quem marcou para o Macaé.
 

Com o resultado o Fluminense segue dividindo a liderança do Grupo A ao lado do Vasco, com nove pontos. A equipe de São Januário leva vantagem no saldo de gols. Já o Macaé, em sexto lugar, segue com três no B. Na próxima rodada, o Tricolor das Laranjeiras vai até o Engenhão, no sábado, às 18h10, para enfrentar o Bangu. Já o time do técnico Dário Lourenço, no mesmo dia e horário, recebe o Americano em casa.

"Foi maravilhoso estrear dessa maneira, principalmente depois do resultado do primeiro tempo", disse Fred na saída de campo, enquanto tinha o seu nome cantado pela torcida.

Tem zebra no Maraca

O Fluminense, como não podia deixar de ser, começou na tentativa de encurralar ao máximo a defesa do Macaé em seu campo. Porém, logo nos primeiro minutos, foi possível perceber que a equipe tricolor insistiria em um erro que seria recorrente ao longo de toda a primeira etapa: cruzamentos equivocados. Com a proposta de sair nos contra-ataques, a equipe do técnico Dário Lourenço fechou os espaços na linha de fundo, o que obrigava aos laterais do Fluminense a alçar as bolas quase que da intermediária. Dessa maneira, Everton Santos teve de sair da área para buscar jogo e Fred ficou muito marcado pelos zagueiros rivais.

Na tentativa de encontrar um buraco na defesa rival, Thiago Neves passou a fazer muitas tabelas com os homens de frente. Mas como esse tipo de jogada era feito em sua grande maioria pelo em frente à grande área, os marcadores do Macaé não tiveram muito trabalho para fazer os desarmes. Depois de algumas jogadas mais frias, a partida passou a ter mais emoção aos 19 minutos. Bill desceu pela esquerda em um dos raros contra-ataques do Macaé e, como se fosse com a mão, colocou na cabeça de Wallacer. A bola não saiu com força, mas foi quase no ângulo do goleiro Fernando Henrique, que ainda tocou nela e não teve como evitar o pior.

Pronto, a torcida já começava a sentir que não seria uma boa tarde. No entanto, o meia Thiago Neves perdeu uma grande chance de empatar dois minutos depois. Mariano, que passou a ser perseguido pelos tricolores a partir do gol sofrido, entrou pela direita e cruzou rasteiro. O camisa 10 tocou de biquinho e a bola saiu para alívio do goleiro Darci, grande figura da primeira etapa, pois evitou em duas oportunidades no final que o Fluminense chegasse ao empate. A estreia de Fred, que pelo tempo em que ficou parado até teve uma boa atuação, só não foi pior porque Wallacer, aos 44 minutos, não teve pernas para fazer o segundo.

Fredmania:

O Tricolor das Laranjeiras voltou para o segundo tempo com o pé no acelerador. Na tática do abafa, a equipe passou a arriscar os chutes de longa distância. Aos cinco minutos, Mariano foi o primeiro a tentar e a bola passou com muita violência perto do travessão do Macaé. A torcida sentiu o bom momento e se entusiasmou ainda mais depois que o volante André Gomes foi expulso por duas faltas seguidas, uma em Conca e outra em Wellington Monteiro.

Ao contrário dos 45 minutos iniciais, quando o árbitro marcou poucas faltas e não mostrou cartões, a partida ficou mais nervosa e pegada. Aos 13, Conca reclamou muito de um possível pênalti depois de um cruzamento da esquerda, mas Antônio Schneider mandou a jogada seguir acertadamente. Dois minutos depois, Thiago Neves voltou a perder outra chance. Sozinho na risca da pequena área, o camisa 10 fez o mais difícil, que foi acertar a cabeçada em cima do goleiro.

Mas aos 21 não teve jeito. Depois de uma pressão esmagadora e inúmeras intervenções do goleiro Darci, Fred finalmente deu o ar de sua graça. O argentino Darío Conca levantou na área pela direita e o camisa 9, como uma flecha, se antecipou ao goleiro para empatar. Explosão tricolor para comemorar o primeiro gol do mais novo reforço. Com um mais em campo, era natural esperar a virada. E ela aconteceu depois das chances criadas, aos 31 minutos: Conca entrou na área, chutou no travessão e no rebote Thiago Neves estufou a rede.

Para completar a festa, aos 42, Fred fez mais um depois do cruzamento de Marquinho pela direita. O artilheiro matou no peito e tocou na saída de Darci. No apito final, Fred se consagrou como o herói da tarde.

FLUMINENSE 3 x 1 MACAÉ:

Fluminense:
Fernando Henrique; Mariano (Maicon), Edcarlos, Luiz Alberto e Leandro (Marquinho); Wellington Monteiro, Romeu (Leandro Bomfim), Darío Conca e Thiago Neves; Everton Santos e Fred
Técnico: Carlos Alberto Parreira

Macaé:
Darci; Fred, Hélton, Otávio e Bill; Léo Gonçalves, André Gomes, Wallacer (Éverton) e Glauber (Steve); Osmar (Magno) e Maciel
Técnico: Dario Lourenço

Data: 15/03/2009 (domingo)
Horário: 16h
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Antônio Schneider
Auxiliares: Ricardo Maurício Ferreira de Almeida e Daniel Parro
Cartões amarelos: Darci, André Gomes, Osmar e Otávio (MAC), Luiz Alberto, Leandro Bomfim e Fred (FLU)
Cartão vermelho: André Gomes (MAC)
Gol: Wallacer, aos 19 minutos do primeiro tempo (MAC); Fred, aos 21 e aos 42, e Thiago Neves, aos 31 do segundo tempo

UOL

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário