Parecia que apenas um dos times ainda lutava por algo neste Brasileiro. E levou a melhor quem foi mais eficaz. Em um jogo de poucas chances, o Fluminense mostrou mais vontade, foi melhor e fez 1 a 0 sobre o Palmeiras, que poupou alguns jogadores, nesta quinta-feira, no Maracanã. Com o resultado, o Tricolor chegou a 41 pontos, em 15º, e se afastou um pouco mais da zona de rebaixamento. O Verdão parou nos 68, na terceira colocação.

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Avaí, na Ressacada, no domingo, às 16h. No mesmo dia e horário, o Palmeiras recebe o campeão Flamengo.

Desde o começo da partida desta quinta-feira no Maracanã, ficou claro que um dos times parecia querer mais a vitória. Apesar das situações opostas na tabela do Brasileiro, – ou, talvez, justamente por isso – o Fluminense mostrou mais vontade e tentou controlar o jogo, ainda que tivesse problemas para criar jogadas no seu setor ofensivo.

Pelo falta de criatividade, o Tricolor demorou a ameaçar o Palmeiras. Mas, na sua melhor chance do primeiro tempo, conseguiu marcar. Aos 37, Luan cortou mal um lançamento para área e a bola sobrou para Marcos Paulo. O garoto dominou e mandou por cobertura sobre Weverton, marcando um golaço.

Veron estreia
Surpreendentemente poupando alguns titulares, o Palmeiras pouco conseguiu fazer na primeira etapa. Raphael Veiga e Hyoran, que começaram jogando, não aproveitaram a oportunidade e foram mal. Por isso, após o intervalo, já com o placar desfavorável, Mano Menezes colocou Dudu e Lucas Lima em campo. Depois, ainda promoveu a estreia de Veron como profissional. O time melhorou e passou a jogar no campo do adversário, pressionando a zaga do Fluminense. Mas a única chance clara de gol aconteceu aos 16, quando Luiz Adriano cabeceou com perigo e Digão cortou a bola, que iria para o gol.

Cruzeiro – A cada partida do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro se aproxima do inédito rebaixamento à Série B. Um largo passo em direção ao abismo foi dado na noite desta quinta-feira, no complemento da 35ª rodada. Com direito a pênalti desperdiçado pelo meia Thiago Neves, aos 19 minutos do segundo tempo, o time celeste perdeu de maneira surpreendente para o CSA, por 1 a 0, no Mineirão. O zagueiro Alan Costa, aos 42 minutos do primeiro tempo, marcou o gol da surpreendente vitória da equipe alagoana.

Matematicamente, ainda é possível escapar da queda. O Cruzeiro soma 36 pontos, em 17º lugar, um a menos que o Ceará, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Entretanto, os dois compromissos seguintes acontecerão longe de Belo Horizonte. Na segunda-feira, às 20h, o duelo será contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. Já na quinta-feira (5/12), às 19h15, a Raposa medirá forças com o Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Por fim, no dia 8 de dezembro (domingo), às 16h, a despedida ocorre diante do Palmeiras, no Mineirão.

Já o CSA, que antes da 35ª rodada tinha 99% de chance cair para a segunda divisão, chegou a 32 pontos, quebrou série de cinco derrotas e manteve a remota esperança de permanecer na elite nacional. No domingo, às 18h, o time azulino pegará o Bahia, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Depois, visitará a já rebaixada Chapecoense, em Santa Catarina, e encerrará a Série A diante do São Paulo, em Alagoas.

Lance com superesportes

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-atacante do Flamengo e Vasco retoma carreira no Campinense

Aos 37 anos, o atacante Fábio Junior está de volta aos gramados. O jogador que foi destaque do Campinense há cerca de 10 anos, havia abandonado a carreira devido a…

Flamengo goleia Avaí Avai no Maraca e Grêmio vence Cruzeiro

O Flamengo entrou com apenas quatro titulares para enfrentar o lanterna Avaí na despedida do Brasileirão do Maracanã. Só que os mais de 60 mil rubro-negros que foram ao estádio…