O Fla-Flu desta quarta-feira pela Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, terminou com a vitória Tricolor por 1 a 0, no Maracanã. Invicto e com 100% de aproveitamento na competição, o Fluminense teve no veterano Nenê, de 38 anos, seu grande destaque. Com um belo gol no segundo tempo, o meio-campista foi o único a marcar.

Com 12 pontos e na liderança isolada do grupo B, o Flu volta a campo no sábado para enfrentar o Boavista, líder do grupo A, no Maracanã. A derrota deixou o Flamengo na segunda colocação do grupo A, com 7 pontos. Na segunda-feira, desta vez com o elenco principal à disposição, o Rubro-Negro vai enfrentar o Resende, no Maracanã.

A garotada rubro-negra teve o domínio do jogo nos primeiros 45 minutos e tentou pressionar o Flu em seu campo. Mas foram do Tricolor as melhores chances de gol, duas delas dos pés do veterano Nenê.

Na primeira, aos 13 minutos, ele bate forte de fora da área e obriga Gabriel Batista a se esticar para mandar para escanteio. Já aos 39, em cobrança de falta sofrida por Henrique, Nenê acertou a trave. No rebote, Miguel mandou para fora. A melhor chance do Fla foi aos 33, em chute de fora da área de Yuri que Muriel defendeu.
O segundo tempo começou mais movimentado, com o Flamengo mais incisivo na busca pelo gol. O jogo ficou mais veloz e o Rubro-Negro quase abriu o placar aos 2. Depois de um lance errado do Flu, a bola ficou com Bill, que bateu cruzado e a bola tiruou tinta da trave antes de sair pela linha de fundo.

Aos 10, Pepê recebeu de João Lucas na área e bateu de primeira, mas acertou a rede pelo lado de fora. O Fluminense reagiu aos 14 em cobrança de escanteio de Nenê que Gilberto quase marcou de cabeça.
Aos 18, o técnico Maurício Souza fez duas substituições polêmicas no Flamengo. Bill e Yuri César, os mais perigosos entre os rubro-negros, saíram para as entradas de Wendel e Lucas Silva. A nova formação da equipe não encaixou e o Flu passou a dominar o jogo.

Aos 25, o Tricolor abriu o placar com um golaço de Nenê. Yago Felipe cruzou da esquerda, Richard furou e Nenê tocou de calcanhar. A bola desviou em Hugo Moura e entrou.
O Fla demorou a se reequilibrar e, mais experiente, o Flu soube segurar a bola. No final, empurrado pela torcida, o Fla foi para cima e teve boa chance de empatar aos 46. Guilherme recebeu de Wendel e, frente à frente com Muriel, chutou em cima do goleiro.

Terra

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bota-PB convida ídolo Magno para chefiar delegação no Maracanã

O ex jogador do Botafogo-PB Magno que participou de jogo épico do clube no Maracanã, foi convidado para chefiar a delegação botafoguense na partida contra o Fluminense. O jogo, marcado par…

CBF divulga tabela do Campeonato Brasileiro 2020

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou, nesta quinta-feira, a tabela do Campeonato Brasileiro 2020. A competição começa a ser disputada no primeiro fim de semana de maio, nos dias 2…