A Paraíba o tempo todo  |

Flamengo vence Defensa y Justicia e avança para quartas de final da Libertadores

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após 497 dias, os flamenguistas puderam se reencontrar com o time do coração. Na noite desta quarta-feira (21), no Mané Garrincha, em Brasília, cerca de 5.500 torcedores viram o Mengão garantir a classificação às quartas de final da Copa Libertadores da América diante do Defensa y Justicia, da Argentina. Inclusive o presidente Jair Bolsonaro, que esteve presente no estádio. Com grande atuação do conjunto, que lembrou o time campeão da edição de 2019 do torneio, os cariocas venceram por 4 a 1.

O Flamengo agora aguarda o vencedor do confronto entre Internacional e Olimpia, que se enfrentam na noite desta quinta-feira (22). O Colorado joga no Beira-Rio, mas sem vantagem no placar agregado, já que o jogo de ida terminou empatado sem gols. Se balançar as redes em Porto Alegre, os paraguios levam vantagem, porque na Libertadores o gol fora de casa é critério de desempate.

O Flamengo foi a campo com força máxima. Rodrigo Caio, Willian Arão, Diego e Bruno Henrique voltaram a ficar à disposição de Renato Gaúcho. Com o considerado time ideal em mãos, a orientação do treinador foi pressionar a partir do apito inicial. E foi isso que aconteceu.

O Flamengo dominou o primeiro tempo e criou muitas chances, principalmente com Bruno Henrique, que pelo lado esquerdo infernizou o Defensa y Justicia. Aos sete minutos, o atacante invadiu a área e cruzou, mas a defesa mandou para escanteio. Everton Ribeiro cobrou na cabeça de Rodrigo Caio, que cabeceou firme para o fundo do gol, abrindo o placar para o Mengão.

Apesar de ter a vantagem do empate por ter vencido por 1 a 0 na Argentina, o Flamengo manteve a intensidade elevada. Aos 15 minutos, Gabigol mandou na trave. Aos 18, o atacante tentou de novo, mas Unsain fez bela defesa. Aos 24, foi a vez de Arrascaeta chutar no poste. Só dava Flamengo. A impressão era de que o gol poderia sair a qualquer momento. E saiu. Mas para os argentinos.

Aos 41 minutos, o Flamengo tentou sair jogando. Diego recuou para o xará Diego Alves, que chutou em cima de Loaiza, desviando a bola para o gol. Depois de igualar o placar, o Defensa y Justicia renasceu na partida e o Mengão quase não criou.

O segundo tempo começou tenso. O Flamengo continuou atacando, mas, diferente do que foi visto na primeira etapa, não jogava sozinho. O Mengão sentiu o gol e os argentinos souberam aproveitar o momento. Mais organizados dentro de campo, os comandados de Sebastián Beccacece dificultaram a vida dos cariocas e atacaram com objetividade.

Mas o momento de equilíbrio durou pouco. Renato Gaúcho colocou Michael no lugar de Everton Ribeiro e o atacante fez diferença. Dois minutos depois da substituição, aos 20 do segundo tempo, Filipe Luís cruzou a bola na área, que sobrou para Michael chutar uma bomba no travessão. Arrascaeta aproveitou o rebote e escorou de cabeça, marcando o segundo do Flamengo na partida.

Depois de retomar a dianteira no placar, o Mengão controlou o jogo e conseguiu ampliar a vantagem. Arrascaeta tocou para Vitinho, que limpou e mandou um foguete de fora da área. Unsain tentou, mas não conseguiu segurar a bola.

E teve tempo para mais. Michael arrancou, que tocou para Gabigol. O atacante mandou de primeira para Vitinho balançar as redes de novo e consolidar a goleada.

Com o resultado, o Flamengo manteve a invencibilidade na Libertadores. O Rubro-negro enfrentará nas quartas o vencedor do confronto entre Internacional e Olimpia, que acontece nesta quinta-feira (22), no Beira-Rio.

Palmeiras
O Palmeiras venceu a Universidad Católica por 1 a 0 nesta quarta-feira, 21, no Allianz Parque, e confirmou a classificação para as quartas de final da Libertadores.
O clube brasileiro contou com mais uma atuação segura e de destaque coletivo, repetindo o placar da primeira partida, disputada em Santiago, no Chile.  O único gol do jogo foi marcado pelo lateral direito Marcos Rocha.


Com o resultado, o clube paulista agora enfrentará o rival São Paulo por uma vaga na semifinal da competição continental. Ainda não há definição de datas para os confrontos, que ocorrerão no mês de agosto.

Uol

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe