O Flamengo voltou a tropeçar no Campeonato Brasileiro. Com uma escalação mista por causa da final da Copa do Brasil no meio de semana, o time de Reinaldo Rueda saiu atrás do Avaí neste sábado, mesmo jogando em casa, na Ilha do Urubu, mas buscou o empate no fim e ficou no 1 a 1.

 

O resultado deixa o Flamengo com 39 pontos na quinta colocação. Mas a vaga dentro do G-6 pode ser perdida ao final desta rodada caso Cruzeiro e Botafogo, que têm 37 pontos e aparecem logo atrás, vençam seus compromissos no domingo.

 

Já o Avaí, invicto agora há sete rodadas no Brasileiro, chega a 30 pontos. São três a mais do que o São Paulo, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento.

 

O Avaí saiu na frente aos 17 minutos. O gol saiu em uma cobrança de falta de Pedro Castro, que passou pela área e entrou no gol de Diego Alves.

 

Depois de muito pressionar e de exigir boas defesas do goleiro Douglas Friedrich, o Flamengo chegou ao empate aos 35 do segundo tempo, quando Rodinei aproveitou uma bola afastada pela defesa em uma cobrança de escanteio, arriscou um chute de esquerda de fora da área e acertou o ângulo.

 

O Avaí teve uma boa chance de gol quando o placar ainda estava 0 a 0 e até tentou buscar o ataque depois de abrir a contagem. Mas o Flamengo ficou mais com a bola nos pés e ameaçou mais vezes.

 

No segundo tempo, o jogo virou domínio total do Flamengo. O Avaí se fechou em busca dos contra-ataques, mas precisou contar com algumas defesas importantes de Douglas Friedrich e até mesmo com a trave, que salvou o time em uma finalização de Lucas Paquetá.

 

Depois do empate, o Flamengo continuou chegando mais vezes ao campo de ataque, oferecendo o contra-golpe ao adversário. Mas não teve tempo de ameaçar e de chegar perto do segundo gol.

 

O torcedor do Avaí tem muito a agradecer a Douglas Friedrich pelo ponto conquistado no Rio de Janeiro. O goleiro foi fundamental para o resultado com algumas boas defesas que fez na partida.

 

A primeira delas aconteceu aos 31 minutos, quando caiu no canto esquerdo para pegar um chute de Matheus Sávio. No segundo tempo, quando a pressão do Flamengo ficou maior, o goleiro apareceu mais vezes para brilhar.

 

Renê, Everton Ribeiro e Felipe Vizeu tentaram e pararam em Douglas. Mas talvez a defesa mais difícil aconteceu aos 33 minutos da etapa final, em uma finalização de Geuvânio.

 

Nos minutos finais, os dois times tiveram boas oportunidades para chegar ao segundo gol e sair de campo com a vitória. Primeiro foi a vez do Avaí. Pedro Castro cobrou escanteio e viu Rafael Vaz tocar de cabeça e quase fazer contra.

 

Pouco depois, Éverton Ribeiro levantou a bola na área para Felipe Vizeu, que estava sozinho, mas cabeceou por cima.

 

Na quarta-feira, o Flamengo enfrentará o Cruzeiro em Belo Horizonte pelo jogo de volta da final da Copa do Brasil. Pelo Brasileiro, o próximo compromisso será na segunda-feira (dia 2), em Campinas, diante da Ponte Preta.

 

Já o Avaí entrará em campo no domingo (1) para receber a visita do Atlético-GO.

 

FLAMENGO 1 X 1 AVAÍ

 

Data: 23/09/2017

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Cláudio Francisco Lima E Silva (SE)

Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fábio Pereira (TO)

Cartão amarelo: Gabriel (Flamengo)

Gols: Pedro Castro (Avaí), aos 17 do 1º tempo; Rodinei (Flamengo), aos 35 do 2º tempo

 

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo e Renê; Márcio Araújo, Mancuello (Felipe Vizeu) e Everton Ribeiro; Matheus Sávio (Geuvânio), Gabriel (Vinícius Jr) e Lucas Paquetá. Técnico: Reinaldo Rueda

 

Avaí: Douglas Friedrich; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Simião (Luan Pereira) e Pedro Castro; Juan (Willians), Junior Dutra e Joel (Lucas Otávio). Técnico: Claudinei Oliveira

 

 

ESPN

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário