Na estreia no Maracanã na atual edição da Conmebol Libertadores, o Flamengo foi a campo na noite desta quarta-feira e derrotou o Barcelona de Guayaquil, do Equador, por 3 a 0. O time comandado pelo português Jorge Jesus não encontrou qualquer dificuldade para construir a vitória, diante de mais de 63 mil torcedores que foram ao estádio. Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Gustavo Henrique, Gabigol e Bruno Henrique. Uma vitória justa do início ao fim, já que os equatorianos fizeram quase nada ao longo dos 90 minutos.

Com o resultado, o Flamengo chegou a seis pontos, em segundo lugar do Grupo A da Conmebol Libertadores. O Barcelona de Guayaquil permanece sem pontuar, na lanterna. Ambas as equipes voltam a campo pela competição na quinta-feira da semana que vem – enquanto os brasileiros visitam o Independiente del Valle, os equatorianos recebem o Junior Barranquilla. Antes, o Rubro-Negro jogará pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca – no sábado, receberá a Portuguesa.

Diante de mais de 63 mil torcedores no Maracanã, o Flamengo fez jus à qualidade de seus jogadores e pressionou pela vitória desde o apito inicial do árbitro Facundo Tello. Aos oito minutos do primeiro tempo, em jogada de velocidade, Rafinha achou Everton Ribeiro, que serviu Bruno Henrique, que quase marcou. Aos 26, Everton Ribeiro e Arrascaeta fizeram boa tabela, a bola chegou em Gabigol, desviou, o próprio Everton pegou a sobra, mas o goleiro Mendoza fez grande defesa. Até que aos 37, o 1 a 0 para o Fla foi confirmado com Gustavo Henrique – em belo cruzamento de Everton Ribeiro, que dominou.

Na frente do marcador, o Flamengo não tirou o pé do acelerador e seguiu no ataque. Aos 41 minutos, Gabigol provocou ótima defesa de Mendoza. Mas o goleiro do Barcelona não conseguiu evitar o 2 a 0 para o Rubro-Negro pouco tempo depois – aos 43, Jonatan Alvez colocou a mão na bola na grande área e o árbitro assinalou pênalti. No minuto seguinte, o próprio Gabigol foi para a cobrança e converteu, para festa dos torcedores que, novamente, gritaram que “hoje tem gol do Gabigol”. Décimo primeiro gol de Gabigol, cinco assistências, em apenas dez jogos em 2020. Grande ano, de novo!

O segundo tempo não foi com todas as forças do Flamengo, que se poupou um pouco mais, administrando o resultado. Porém, mesmo assim, a equipe comandada por Jorge Jesus levou perigo e conseguiu selar a vitória em 3 a 0. O terceiro gol saiu aos sete minutos, com Bruno Henrique aproveitando cobrança de escanteio de Arrascaeta. Ainda tiveram chances observadas aos 27, com Bruno Henrique de novo, Gustavo Henrique aos 28, o Barcelona fez Diego Alves trabalhar uma única vez aos 31 em chegada de Montaño, mas ficou assim. Vitória do Flamengo por 3 a 0, justa e com indícios de que podem mais!

São Paulo – O São Paulo conseguiu ser mais efetivo e venceu a LDU por 3 a 0 nesta quarta-feira, no estádio do Morumbi, pela segunda rodada da Libertadores. Depois de desperdiçar muitos gols na estreia e perder para o Binacional, no Peru, o time tricolor conseguiu a primeira vitória na atual edição do torneio e embolou o Grupo D – as quatro equipes da chave estão com três pontos.

A próxima rodada promete ser a mais complica. Na terça-feira, o São Paulo receberá o River Plate, que atropelou o Binacional por 8 a 0 nesta quarta-feira, no Monumental de Nuñez. Antes, a equipe de Fernando Diniz terá no sábado o clássico com o Santos, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

O São Paulo não correu riscos diante de quase 40 mil torcedores. O time encurralou o adversário nos minutos iniciais e teve um pênalti a seu favor logo aos 13 após a bola tocar na mão de Guerra dentro da área. Reinaldo bateu para fazer o primeiro. Tocando de pé em pé, no minuto seguinte, Daniel Alves iniciou a jogada no meio do campo e chegou na área para finalizar cruzamento de Reinaldo: 2 a 0.

Os gols fizeram com que o São Paulo diminuísse o ritmo. A LDU, que até então não havia passado do meio-campo, passou a ter mais posse de bola, mas encontrou dificuldade para furar a linha defensiva dos anfitriões. O ex-corintiano Sornoza tentava criar as jogadas, mas faltava um atacante aparecer para finalizar.

No segundo tempo, o São Paulo perdeu Tiago Volpi que machucou a mão direita em choque com atacante equatoriano. Lucas Perri o substituiu, mas não precisou pegar na bola. O time tricolor, em mais uma boa troca de passe, chegou ao terceiro. Pato abriu para Vitor Bueno, que rolou para a área. Igor Gomes desviou para as redes.

Entregue, a LDU ainda ficou com um jogador a menos após a expulsão de Sornoza, que deu um soco em Daniel Alves. Com a vitória garantida, Hernanes ganhou uns minutos em campo ao entrar na vaga de Igor Gomes. Aos gritos de olé das arquibancadas, o São Paulo passou a tocar a bola. Nos acréscimos, Pato ainda acertou o travessão.

Terra

Deixe seu Comentário