A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Finalistas, ASA e Campinense superam rivais

 ASA e Campinense não só surpreenderam Ceará e Fortaleza, no domingo, como também acirraram, no quesito história, a rivalidade estadual ao se garantirem na decisão da Copa do Nordeste-2013. Um por igualar um dos dois gigantes de Alagoas, e o outro por superar suas maiores pedras no sapato na Paraíba.

Terceiro clube mais vencedor do estadual alagoano (sete vezes), a Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) repete agora, com a classificação, o que o CRB fizera logo na segunda edição da disputa regional, em 1994, quando foi finalista, mas perdeu para o Sport nos pênaltis.

Era, até então, a única vez que um time do estado do ex-presidente da República Fernando Color de Mello, cassado via impeachment em 1992, alcançara a decisão. Logo, se campeão, o time de Arapiraca poderá se orgulhar de ser o primeiro e único campeão do Nordeste vindo de Alagoas, passando a ter uma taça que nem CRB (26 títulos estaduais) nem CSA (37 títulos estaduais) possuem.

"Todo mundo considerava o ASA como virtual eliminado, principalmente depois do começo ruim que tivemos na competição. Mas mostramos poder de superação… Tivemos quatro jogadores da base em campo hoje [domingo] e mesmo assim superamos tudo e chegamos à uma grande vitória. Nosso trabalho é pautado na humildade", discursou o técnico Leandro Campos.

Já o Campinense Clube foi além. Finalista, o time de Campina Grande conseguiu o que nenhum outro rival paraibano foi capaz, superando as melhores campanhas do estado na competição, o quarto lugar obtido por Botafogo (duas vezes, em 1976 e 1998) e Treze (em 2010).

A equipe rubro-negra, também conhecida como Raposa do Nordeste, é a segunda mais vitoriosa da Paraíba, com 18 títulos, sete atrás do Botafogo (25), que é da capital João Pessoa. Também de Campina Grande, o Treze vem a seguir, em terceiro neste ranking, com 15. Ganhar a taça do Nordeste mudará o patamar do Campinense.

Por ter melhor campanha no geral, o time paraibano fará o primeiro jogo da final como visitante, às 16h do próximo domingo, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Maceió, e será o mandante na volta, no Estádio Amigão, em Campina Grande, dia 17, também às 16h.

O Vitória é o maior campeão da Copa do Nordeste, com quatro taças, seguido por Bahia e Sport, cada um com duas, e América-RN, que tem uma.

Veja, abaixo, o campeão de cada ano da Copa do Nordeste

 

Vitória – 1976, 1997, 1999, 2003 e 2010

Sport – 1994 e 2000

Bahia – 2001 e 2002

América-RN – 1998

 

ESPN

 

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe