Por pbagora.com.br

A missão de Evaristo Pizza é livrar o Botafogo (PB), do vexame do rebaixamento. O técnico estava no Belo até março deste ano, quando foi demitido. Ele treinou o XV de Piracicaba na Série A2 do Paulistão e agora volta para substituir Rogério Zimmermann em momento delicado da competição nacional.

Piza já está em João Pessoa, e deve reestrear no comando do Belo na partida contra o Imperatriz no Almeidão. O treinador tem um desafio pela frente. Penúltimo colocado do Grupo A da Série C, o Alvinegro da Estrela Vermelha tem apenas 12 pontos em 13 jogos disputados, sendo essa a terceira pior campanha entre os 20 clubes que disputam a competição.

O Botafogo-PB tem quatro pontos a menos que o Treze, que é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e, com cinco jogos por fazer ainda nesta fase de grupos, tem chance, inclusive, de pensar em G-4. Mas o clima parece ser totalmente de foco apenas em evitar a queda para a Série D.

A primeira passagem de Piza pelo Bota foi vitoriosa. Em quase dois anos de clube, Piza conseguiu o título da última edição do Campeonato Paraibano e o vice-campeonato da Copa do Nordeste, em 2019. Quando chegou ao clube, em 2018, ganhou credibilidade por retomar a equipe, que vivia às sombras da zona de rebaixamento, direto à classificação para o mata-mata do Brasileiro da Série C.

De contrato renovado após a frustração de não conseguir a classificação para a fase final da Série C de 2019, a diretoria botafoguense deu voto de confiança e persistiu em Evaristo Piza, mesmo após o seu maior momento de turbulência no clube. Este ano, o desempenho do Belo caiu e Piza não conseguiu se sustentar no cargo, sendo demitido no início da Série C. Agora volta com a missão de evitar o rebaixamento do clube, e reconquistar a confiança da torcida.

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário