Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Na tarde desta sexta-feira (13), o Botafogo-PB vai anunciar, por meio de entrevista coletiva, a demissão do treinador Evaristo Piza, que não resistiu a derrota para o Santa Cruz, na noite de ontem, por 3 a 0, pela Copa do Nordeste.

O profissional deixa o Belo na liderança do Grupo A do Nordestão, próximo da classificação para o mata-mata, podendo encostar na ponta do Grupo A do Paraibano, caso vença os dois jogos que tem atrasados, e eliminado pelo Fluminense na segunda fase da Copa do Brasil.

Piza chegou ao clube da Maravilha do Contorno no fim de 2018 e conseguiu levar a equipe ao mata-mata do acesso, sendo eliminado nos pênaltis pelo Botafogo-SP, fora de casa.

No ano seguinte, foi tricampeão estadual e vice da Copa do Nordeste, com um futebol vistoso, elogiado em todo país, e eliminado pelo Londrina na terceira fase da Copa do Brasil. Na Série C, entretanto, a campanha foi bastante irregular, caindo ainda na primeira fase.

Por isso, ao fim de 2019, sua permanência não foi unanimidade na direção. Após o rompimento da atual gestão com Breno Morais, ex-dirigente do Belo, o movimento por sua saída começou logo no início do estadual deste ano.

Em 2020, Piza abandonou o jogo vistoso e passou a optar por um futebol mais burocrático, que não empolgava, o que gerou críticas, mas que conseguiu manter a invencibilidade até o duelo contra o Fluminense, no Maracanã. Com 6 empates em 14 jogos no ano, os resultados não respaldavam o treinador.

A péssima partida em Recife, jogando com um a mais desde os 20 minutos do primeiro tempo, e no fim perdendo por 3 a 0 para o Santa Cruz, esgotaram a paciência com o comandante, que deixa o clube.

Em sua passagem, Evaristo Piza tem um aproveitamento de quase 60% dos pontos a frente do Botafogo-PB, sendo 73 jogos, com 36 vitórias, 23 empates e 14 derrotas.

Alguns nomes são ventilados na Maravilha do Contorno, como Flávio Araújo, que subiu o Treze para a Série C em 2018, e negociou com o clube antes da chegada do próprio Evaristo Piza. Outro é Paulo Bonamigo, que atualmente dirige o Boavista, no Campeonato Carioca.

Fonte: Equipe @Vozdatorcida

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fifa propõe baixar salários de atletas em encontro com associações de clubes

A Fifa se reuniu nesta quinta por videoconferência com a Associação de Clubes Europeus (ECA) e com a Federação Internacional de Jogadores Profissionais (FIFPro) para discutir como amenizar o impacto…

René Simões anuncia em vídeo que testou positivo para o Covid-19: “Tudo bem”

O ex-técnico de futebol, René Simões, fez uso das suas redes sociais para anunciar que está com covid-19, mas passa bem, embora em isolamento. “Dia 16 de março senti os…