A Paraíba o tempo todo  |

Evaristo Piza chora com a eliminação do Belo na Série C: "Peço desculpa à torcida"

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O técnico Evaristo Piza, do Botafogo-PB, foi o porta-voz do clube na triste missão de falar à imprensa – e, por tabela, aos torcedores botafoguenses – após o fim do sonho do Belo de conseguir o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2019. Com o insucesso no objetivo, o treinador alvinegro chorou. E, em coletiva de imprensa no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, visivelmente emocionado, ele pediu desculpas aos dirigentes e à torcida. Minutos antes, o time havia perdido por 1 a 0 para o Botafogo-SP, com um gol sofrido nos acréscimos do segundo tempo, e por 4 a 3 nos pênaltis. Num domingo triste para os alvinegros que carregam a Estrela Vermelha no peito.

Mais uma vez o Botafogo-PB teve o sonho do acesso à Série B frustrado. E com gol no final da partida. Desta vez, o Belo perdeu para o xará Botafogo-SP por 1 a 0 no tempo nornal e nos pênaltis por 4 a 3 no jogo de volta deste domingo, no Estádio Santa Cruz, em Robeirão Preto.

No jogo de ida, o time paraibano havia vencido por 1 a 0. Em casa, o Pantera devolveu o placar e coroou a temporada em que comemora o seu centenário com o acesso.

O resultado classificou o Botafogo-SP para as semifinais da atual edição da Série C. O adversário da fase seguinte sairá do confronto entre Cuiabá e Atlético-AC, na segunda-feira, em Rio Branco. No jogo de ida, o time do Mato Grosso abriu vantagem com uma vitória por 2 a 0.

O Botafogo-SP conseguiu uma vaga na Série B de 2019 e nas semifinais da Série C deste ano após vencer o xará paraibano em uma partida muito tensa neste domingo à noite, em Ribeirão Preto, no estádio Santa Cruz, pela partida de volta do mata-mata das quartas de final.

O gol que igualou o placar sofrido na Paraíba, no último dia 19, saiu aos 48 minutos do segundo tempo, do artilheiro da Série C Caio Dantas, agora com 11 gols. Alguns torcedores já deixavam o estádio momentos antes de o atacante fazer o gol da vitória.

Nas cobranças alternadas de pênaltis, com os dois times eficientes até a quarta, coube a Tiago Cardoso, goleiro que havia defendido pênalti de Marcos Aurélio durante o tempo normal na Paraíba, novamente agarrou a cobrança do atacante do Belo. O vice-artilheiro da Série C, Felipe Augusto, converteu a última cobrança e conseguiu a classificação para o time paulista!

Em um jogo recheado de emoções, com 23 mil pessoas dentro do Santa Cruz, Tiago Cardoso defendendo pênalti, Pimentinha partindo pra cima da marcação visivelmente cansado, ficaria difícil definir um personagem da partida. Mas nada disso teria acontecido se Caio Dantas não tivesse encaixado um lindo chute no ângulo de Saulo aos 48 minutos, justamente quando a torcida deixava o Santa Cruz.

De quebra, o atacante foi a 11 gols e disparou na artilharia da competição. Além de tudo, converteu magistralmente sua cobrança durante a disputa dos pênaltis.

Agora, o Pantera vai disputar a semifinal da Série C contra Atlético-AC ou Cuiabá-MT, que fazem o jogo de volta qua falta das quartas de final nesta segunda-feira à noite, no Acre, no Florestão. O primeiro jogo, no Mato Grosso, terminou 2 a 0 para o Cuiabá. O Belo está eliminado e volta a disputar a Série C no ano que vem.

Redação com globoesportes.com

Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe