A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Dois clubes paraibanos entram com ação pedindo balanço das contas da FPF

 Um ação judicial impetrada por dois filiados da Federação Paraibana de Futebol (FPF), está pondo em xeque as supostas mudanças trazidas pelo atual presidente Amadeu Rodrigues na entidade.

Os autores da ação, o Cruzeiro de Itaporanga e a Liga Desportiva de Santa Rita, requerem na justiça a exibição das contas referentes ao ano de 2015. Eles alegam que o prazo para a efetivação da prestação de contas do referido ano acabou há cerca de quatro meses.

Os clubes pedem que seja realizada uma assembleia geral, convocada pela própria FPF, para que seja explicado para onde foi os quase R$ 2 milhões de reais arrecadados pela Federação no ano de 2015.

Ainda de acordo com a petição, quarenta e cinco Entidades Desportivas profissionais e não-profissionais de futebol, filiadas à FPF solicitaram a documentação, mas presidência não teria atendido as solicitações.

“Outrossim, a verdade é que, até o presente momento, não foi feita qualquer prestação de contas à despeito do exercício de 2015, e, além disso, os associados/filiados não estão tendo o devido acesso aos livros nem quaisquer documentos contábeis e fiscais da Federação” diz trecho da ação.

Os clubes ainda pedem que caso o presidente da FPF se negue a realizar a assembleia para a prestação de contas, o mesmo seja multado em mil reais por dia de descumprimento além de requerer o afastamento de Amadeu do cargo.



PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe