A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Djavan é confirmado no Botafogo e Ronan desfalca Raposa

 Depois de muita especulação sobre sua possível saída do Botafogo-PB, o volante Djavan se reapresentou na última quinta-feira junto com todo o restante elenco no Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno. Ele segue no clube na próxima temporada e fala em ser campeão do Campeonato Paraibano com a camisa alvinegra. Na Raposa o clima é de tristeza, tendo em vista que as noticias sobre o atacante do Campinense Ronan, que saiu de campo no treino dessa quinta-feira após sentir dores no joelho esquerdo, não foram das melhores. Segundo o departamento médico da Raposa, o exame de ressonância magnética, feito no atleta logo após o treinamento, apontou o rompimento total dos ligamentos cruzados do joelho.

Belo – No início de novembro, o jogador fechou uma parceria com a empresa de marketing esportivo Traffic Sports e com o empresário Wagner Ribeiro, que gerenciam a carreira de jogadores de destaque, como Neymar e Gabigol.

Formado no Belo, o volante de 21 anos ganhou espaço no time titular com a chegada do treinador Itamar Schülle nesta temporada e foi um dos destaques do time. Inclusive, foi escolhido a revelação do estadual de 2016, pela eleição da Rede Paraíba. “Eu permaneço. Tenho contrato aqui, e agora o objetivo é focar no estadual para ser campeão. Estou vivendo um momento muito especial na minha vida e na minha carreira. Neste ano, fizemos um excelente campeonato, mas não conquistamos o objetivo, que era ser campeão. Mas agora vamos trabalhar e, se Deus quiser, 2017 vai ser um ano abençoado”, disse Djavan.

Raposa – Segundo o departamento médico da Raposa, o exame de ressonância magnética, feito no atleta logo após o treinamento, apontou o rompimento total dos ligamentos cruzados do joelho. A previsão de retorno aos gramados é de seis meses

Segundo o médico responsável pelo DM do Campinense, Fábio Gondim, Ronan vai ser submetido a um procedimento cirúrgico e depois a sessões de fisioterapia. “O jogador foi submetido a uma ressonância logo após o fim das atividades e vai passar por uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho. Após a recuperação da cirurgia vai para fisioterapia. O tempo estimado de recuperação será seis meses”, declarou Fábio Gondim.

Redação com G1

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe