A Paraíba o tempo todo  |

Defendida pela paraibana Mayssa Pessoa, Seleção de Handebol avança nas Olimpíadas

 Defendida pela paraibana Mayssa Pessoa, a seleção brasileira feminina de handebol garantiu nesta sexta-feira (12) a classificação para as quartas de final da Olimpíada do Rio de Janeiro. Depois de um primeiro tempo ruim, o time nacional superou a surpreendente Angola por 28 a 24 e alcançou seu terceiro triunfo em quatro jogos, recuperando-se do revés sofrido para a Espanha.

 

Esta é a segunda vez seguida que o time nacional consegue avançar às quartas de final dos Jogos Olímpicos. Em Londres, foi eliminada nesta fase pela Noruega. O próximo compromisso do Brasil será no domingo, às 9h30 (de Brasília) contra Montenegro. Uma vitória garante a primeira colocação da chave.

O jogo foi duro e com a disciplina tática de Angola. Apostando em uma defesa forte e rápidos contra-ataques, o time angolano jamais foi dominado pelo Brasil. Pelo contrário, comandou o placar na maior parte do primeiro tempo e chegou a abrir uma vantagem de três gols: 10 a 7. O Brasil só conseguiu se acertar em quadra nos cinco minutos finais, contando também com uma melhora na defesa e menos erros nas possessões ofensivas. O empate em 13 a 13 acabou saindo de bom tamanho para o time nacional.

 

A goleira Mayssa Pessoa foi a última dos atletas paraibanos a ter vaga confirmada, mas tem boas chances de conseguir uma medalha, inclusive de ouro. Isto porque ela vai fazer parte da seleção brasileira de handebol, que vem brigando pelos primeiros lugares nos últimos anos. A meta deste ano é superar a Olímpíada de Londres, quando o time brasileiro foi eliminado nas quartas de final pela Noruega. 

 

O sexto lugar em 2012 foi a melhor colocação do país em Olimpíada. Já em 2013, Mayssa esteve na seleção brasileira que venceu o Campeonato Mundial e o Pan-Americano de Santo Domingo, na República Dominicana. Quatro anos depois, repetiu o ouro no Pan de Toronto, no Canadá. 

 

Na Olimpíada do Rio, o time do técnico dinamarquês Morten Soubak ficou no Grupo A, junto com Noruega (campeã olímpica de 2012) e Romênia (que eliminou o país no último Mundial). A chave conta ainda com as equipes de Montenegro, Espanha e Angola. Como o esporte é muito disputado, o Brasil tanto pode ficar com uma medalha (incluindo o ouro) como também pode ser eliminada já numa primeira fase de mata-mata.



Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe