A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Cruzeiro vence no Engenhão e carimba faixa do Fluminense

 O Cruzeiro não quis saber de ver festa no Engenhão neste domingo. Contra o campeão antecipado do Campeonato Brasileiro deste ano, o Fluminense, que confirmou o título na última rodada, o time mineiro "carimbou as faixas" do rival e aplicou 2 a 0, mesmo diante de grande celebração dos torcedores tricolores que compareceram em peso.

 

Em duelo bastante favorável aos mineiros, a equipe celeste abriu o placar ainda aos 23min. No lance, Anselmo Ramon foi lançado na área e, ao dividir com o zagueiro Gum, caiu e viu o árbitro assinalar pênalti. Em festa pelo tetra, a torcida do Fluminense sequer lamentou a marcação da arbitragem.
O meio-campista Montillo pediu a bola, ajeitou e bateu com categoria, no canto direito do goleiro Cavalieri. abrindo o placar no Engenhão. Melhor no jogo, o Cruzeiro aproveitava o Fluminense já "de férias" e dominava as ações, levando a vantagem até o intervalo.

 

Na segunda etapa, o time de Belo Horizonte continou melhor e conseguiu ampliar ainda no início. Foi quando, em rápido contra-ataque, Elber recebeu pela direita, avançou, invadiu a área, se livrou de dois marcadores e tocou com precisão no canto direito do goleiro Diego Cavalieri. Um golaço, 2 a 0 para o Cruzeiro.
O Fluminense resolveu acordar. Para evitar ver a faixa "carimbada", o time carioca se lançou ao ataque e quase diminuou dois minutos depois de sofrer o segundo. Thiago Neves avançou pela direita, puxou para o meio e finalizou com força, mas a bola explodiu na trave direita de Rafael e não entrou.

 

O Cruzeiro passou a tentar administrar o resultado que lhe daria mais três pontos na tabela e dominou as ações, mas via o Fluminense buscar o gol e seguir no ataque. Mesmo assim, o time celeste se segurou como podia e aguentou a diferença de dois tentos até o fim, vencendo o atual campeão brasileiro no Rio de Janeiro.

Com o resultado, o Cruzeiro assumiu a nona colocação, agora com 49 pontos, ultrapassando Santos e Internacional. A equipe de Belo Horizonte ainda fará mais duas partidas no torneio e espera atingir o máximo de pontos possíveis. Os dois próximos rivais são Coritiba e Atlético-MG, ambos em Minas, mas só o primeiro como mandante.

 

O Fluminense, por sua vez, continuará em festa até o fim da competição. Com o título confirmado na última rodada, após vencer o Palmeiras por 3 a 2, em Presidente Prudente, o time tricolor só cumprirá tabela nas duas rodadas finais – irá encarar Sport e Vasco, na sequência.

 

Ficha técnica

FLUMINENSE 0 x 2 CRUZEIRO

Gols
CRUZEIRO: Montillo, aos 23min do primeiro tempo, e Elber, aos 2min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno (Wallace), Gum, Leandro Euzébio e Carleto (Samuel); Edinho, Jean, Thiago Neves e Deco; Fred e Rafael Sóbis

Treinador: Abel Braga

CRUZEIRO: Rafael; Ceará, Thiago Carvalho, Leandro Guerreiro e Everton; Charles (William Magrão), Marcelo Oliveira, Montillo (Alisson) e Elber; Tinga e Anselmo

Ramon

Treinador: Celso Roth

 

 

Cartões amarelos
FLUMINENSE: Bruno, Carleto e Gum
CRUZEIRO: Charles

Árbitro
Raphael Claus

Local
Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

 

Terra

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe