Com time misto, mas sem dificuldade, o Cruzeiro goleou o Guarani por 5 a 0 na noite desta quinta-feira no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Em ritmo de treino, Alessandro, Leonardo Silva, Wellington Paulista, Jonathan e Soares marcaram os gols celestes. Com o resultado, a Raposa segue com 100% de aproveitamento e assume a liderança isolada do Estadual, com 12 pontos. Derrotado pela quarta vez na competição, o Guarani segue na lanterna, sem pontuar.

 

Na próxima rodada, o Cruzeiro faz com o Atlético-MG o primeiro clássico mineiro de 2009 em partidas oficiais e em território nacional. As equipes já se encontraram no dia 17 de janeiro, em partida válida pelo Torneio Verão, em Montevidéu, no Uruguai. Melhor para Raposa, que venceu por 4 a 2. O Guarani vai a Uberlândia enfrentar o time da casa. Ambas as partidas acontecem no próximo domingo.

 

 

O jogo

 

Veloz desde o primeiro apito do juiz, o Cruzeiro começou melhor e não demorou a criar suas primeiras chances de gol. Com apenas três minutos de bola rolando, Wellington Paulista, dentro da área do Guarani, deu o primeiro chute a gol da partida. A bola bateu na zaga e saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Alessandro teve a oportunidade de marcar, mas acertou o zagueiro Na sobra, Wellington tentou mais uma vez, mas a defesa afastou.

 

 

Com pouca criatividade, o Guarani teve dificuldades para penetrar a defesa celeste. Com isso, o Tamanduá assustou apenas nas bolas paradas. Além de alguns escanteios bem cobrados que fizeram os zagueiros do Cruzeiro trabalharem, as faltas exigiram atenção do goleiro Andrey. Depois de uma defesa sem dificuldade em cobrança rasteira do zagueiro Fábio Recife, o reserva de Fábio teve que se esforçar para espalmar o chute forte de Diego Paulista em outra falta, minutos depois.

 

 

Raposa domina o Tamanduá

 

O Cruzeiro seguiu pressionando e não teve que se esforçar muito para abrir o placar. Aos 22 minutos, o volante Elicarlos fez boa jogada pela direita, passou como quis pela marcação e centrou para a área. Sozinho, em cima da linha da pequena área, Alessandro não teve dificuldade para tocar para o fundo do gol vazio. Falha de marcação da defesa do Bugre. Se Alessandro não alcançasse a bola, Wellington Paulista, também livre, marcaria.

 

 

A vantagem deu tranquilidade à Raposa, que jogou a maior parte da primeira etapa no campo de ataque. Mesmo improvisado na lateral-esquerda, o meia Gerson Magrão esteve perto de fazer um belíssimo gol. Depois se livrar de três marcadores e penetrar a área adversária, o jogador permitiu o corte da zaga quando já se preparava para tocar na saída do goleiro Fábio. O Guarani só voltou ao ataque no último minuto da primeira etapa. Neguinho arriscou de fora de área e Andrey encaixou com segurança.

 

 

 

globoesporte.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Flamengo vence Fortaleza de virada e mantém embalo no Brasileirão

O Flamengo segue imbatível no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Castelão, o time rubro-negro derrotou o Fortaleza, de virada, por 2 a 1 e manteve…

Felipe Melo marca no último lance, e Palmeiras vence a Chape na arena

Um gol de Felipe Melo, aos 54 minutos do segundo tempo, manteve vivo o sonho do Palmeiras de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Depois de muitas chances perdidas no segundo tempo,…