A Paraíba o tempo todo  |

Cristiano Ronaldo tenta conduzir Portugal às quartas da Copa do Catar

A seleção de Portugal enfrenta a Suíça, a partir das 16h (horário de Brasília) desta terça-feira (6) no Estádio de Lusail, em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Catar. Para a equipe do atacante Cristiano Ronaldo este seria um grande feito, pois os portugueses não alcançam esta fase da competição desde o Mundial de 2006 (Alemanha).

O técnico da equipe portuguesa, Fernando Santos, reconheceu, em entrevista coletiva concedida na última segunda-feira (5), a longa ausência de seu país nas quartas de um Mundial de seleções: “Tem havido um longo hiato. O que importa é esta partida. Portugal sempre tem a obrigação de vencer”.

Para esta partida, há grande expectativa em torno de Cristiano Ronaldo, que, mesmo com apenas um gol na competição, é a grande estrela da equipe. Mas não é possível deixar de considerar o ótimo momento do meio-campista Bruno Fernandes, artilheiro (com dois gols) e líder de assistências (com dois passes para gol) da equipe.

Porém, do outro lado do gramado estará uma Suíça que conhecPara esta partida, há grande expectativa em torno de Cristiano Ronaldo, que, mesmo com apenas um gol na competição, é a grande estrela da equipe. Mas não é possível deixar de considerar o ótimo momento do meio-campista Bruno Fernandes, artilheiro (com dois gols) e líder de assistências (com dois passes para gol) da equipe.

Porém, do outro lado do gramado estará uma Suíça que conhece bem a forma de atuar de Portugal. As duas equipes se enfrentaram pela Liga das Nações da Uefa em junho deste ano, com os portugueses triunfando por 4 a 1 na ida em Lisboa, mas perdendo de 1 a 0 em Genebra na volta.

Segundo o atacante Xherdan Shaqiri, não é possível fazer uma relação entre o jogo desta terça e as partidas anteriores, pois têm um caráter totalmente diferente: “Na minha opinião será totalmente diferente, pois não é amistoso, não é Liga das Nações, a pressão é alta, e por isso agora é importante lidarmos com esta pressão”.

E o jogador do Chicago Fire (Estados Unidos) afirma que para conseguir a classificação é necessária uma atuação perfeita diante de uma seleção como Portugal: “Precisamos de uma atuação especial. Portugal é um bom time, e os considero os favoritos neste jogo, mas também conhecemos nossas qualidades”.

Mas o último dia de oitavas de final da Copa do Catar terá início às 12h, quando Espanha e Marrocos se enfrentam no Estádio Cidade da Educação. Os marroquinos chegam motivados, após alcançarem as oitavas com a melhor campanha do Grupo F.

Esta não é a primeira vez na qual a equipe africana se classifica às oitavas, o feito já foi alcançado em 1986 (México). Porém, a vitória sobre a Bélgica, um dos favoritos a ficar com o título no Catar, encheu o Marrocos de ânimo para o restante da competição.

No entanto, o técnico Walid Regragui disse em coletiva na última segunda que espera muita dificuldade contra a Espanha, “um dos melhores times do mundo”, que tem todo o favoritismo.

Tentando afastar qualquer risco de sua equipe se deixar levar por um otimismo exagerado, o ex-jogador Luis Enrique, comandante da Espanha, relembrou em entrevista que sua equipe deve manter a atenção diante dos africanos, que chegam “muito motivados após uma fase de grupos espetacular”.

Agência Brasil

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe