Por pbagora.com.br

O presidente do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor) e da Comissão de Prevenção e Combate a Violência nos Estádios da Paraíba, procurador de Justiça Valberto Lira, divulgou um vídeo nesta semana em que diz que é contra a volta do futebol neste momento, devido ao aumento de casos de Covid-19 no estado.

Para ele, essa decisão se baseia diante da curva crescente do novo coronavírus, deixando claro que sua decisão tem o aval dos seus pares. Valberto Lira, disse compreender a ansiedade de todos, afinal é um desportista nato, mas entende não ser o momento adequado para a retomada.

“Conversei com todos os membros da Comissão e são unânimes em não recomendar a volta do futebol com esses números crescentes do coronavírus no Estado. Seria uma grande irresponsabilidade. Fazemos isso porque o futebol envolve muita gente e até o momento não participamos de nenhuma discussão nesse sentido. Sei apenas de um protocolo que está sendo definido e, pelas informações, não vejo nenhum compromisso, só conjecturas”, opinou o presidente do Nudetor.

Valberto Lira se mostra bastante preocupado em relação aos testes a serem aplicados nos jogadores e pessoas envolvidas num jogo, querendo saber quem vai pagar essa conta, já que um teste custa, em media, R$ 300,00. “Quando os orgãos de saúde liberarem os jogos, queremos saber quem vai bancar essa conta, a não ser que queiram, mais uma vez, que o poder público assuma esse ônus e não concordamos”, finalizou.

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Oliveira Canindé pode reassumir o Campinense na Série D do Brasileiro

O técnico Oliveira Canindé pode reassumir o Campinense para comandar a equipe no restante da Série D do Brasileiro. Com a saída de Givanildo Sales do comando técnico da Raposa,…