A maré de azar insistiu em perseguir o Corinthians, que logo no início perdeu mais um titular machucado. Mas assim como aconteceu nas últimas rodadas, a equipe superou as baixas para vencer o Oeste por 4 a 1, em seu terceiro triunfo seguido, e dormirá este sábado na liderança do Paulista.
 

Para atingir dez pontos e o topo da classificação (que pode ser perdida no domingo), o Corinthians contou com ótimo aproveitamento nas bolas paradas. Foi assim que saíram os gols de Otacílio Neto, após cruzamento da direita, do artilheiro Chicão, que fez seu terceiro no Paulista em bela cobrança de falta, e de Souza, batendo pênalti. Adriano, contra, colaborou com a equipe de Mano Menezes após escanteio, enquanto Dias descontou.

Logo no começo do jogo o Corinthians sofreu uma baixa. A quarta em três partidas (Douglas, Wellington Saci e Jorge Henrique estão lesionados). O azarado da vez foi Cristian, titular desde sua chegada ao clube e que sofreu uma entorse no joelho esquerdo. Mas apesar de perder em entrosamento, o time conseguiu criar mais do que na última partida, principalmente pelas laterais.

Substituto de Wellington Saci, que por sua vez já era substituto de Douglas, Diogo conseguiu dar um pouco mais de velocidade ao meio. Trocou passes com Alessandro e deixou um lado direito mais forte. Também reserva, Otacílio Neto abriu espaços na esquerda e deu opções.

O problema é que o ataque insistiu em falhar. A sorte corintiana é que zagueiro Adriano decidiu ajudar os anfitriões e fez gol contra com dois minutos de bola rolando. Mas nem a calma gerada pela abertura do placar fez os alvinegros acertarem. Foram pelo menos três boas chances desperdiçadas no primeiro tempo por falta de pontaria, duas delas com Souza.

"Tivemos quatro chances e não conseguimos fazer mais gol. Sabemos que o futebol é assim, mas a qualquer momento você pode tomar o gol de empate", alertou o goleiro Felipe, que não fez nenhuma defesa difícil durante toda a etapa inicial.

O aviso deu certo. Vindo de boas atuações nas últimas partidas, com direito a uma assistência, Otacílio Neto dissera durante a semana que faria de tudo para seu gol sair neste sábado. E, de cabeça, em falta cobrada por Diogo, ele conseguiu cumprir o prometido aos 6min.

O Oeste tentou estragar a festa alvinegra diminuindo pouco depois, em pênalti convertido por Dias. Mas o zagueiro Chicão foi decisivo mais uma vez. Acertou bonita cobrança de falta e anotou seu terceiro gol no Paulista, disparando na artilharia interna do Corinthians. No final, Souza finalmente conseguiu fazer o seu. Pouco depois de ser xingado por parte da torcida, ele cobrou pênalti sofrido por Lulinha e ampliou a vantagem do novo líder do Estadual.
 

 

UOL

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Alisson, Firmino e Marta são finalistas da Bola de Ouro

A revista France Football divulgou nesta segunda-feira a lista de candidatos ao seu prêmio anual e incluiu três brasileiros entre os candidatos à Bola de Ouro. O goleiro Alisson e o atacante Roberto Firmino, ambos do Liverpool,…

Botafogo vence CSA e Bahia tropeça em casa

Do uniforme ao estilo de jogo, o Botafogo mostrou um novo visual e venceu o CSA por 2 a 1, nesta segunda-feira, no Nilton Santos. No segundo jogo sob o…