Por pbagora.com.br

A Comissão eleitoral homologou as chapas para eleição da direção executiva do Campinense, marcada para 27 deste mês de dezembro.

Foram homologadas as chapas encabeçada pelo empresário Carlos Gonzaga e o ex-diretor de comunicação do clube, Phelipe Cordeiro. Com a decisão, as chapas “Ressurgimento Rubro-Negro”, encabeçada pelo empresário Carlos Gonzaga, e “União Raposeira”, liderada pelo ex-diretor de comunicação do clube, Phelipe Cordeiro, estão aptas a serem votadas no próximo domingo.

A nova diretoria do Campinense terá um mandato de apenas um ano, completando o restante da última temporada que Paulo Gervany, que renunciou ao cargo de presidente, teria. Diante disso, o novo mandatário vai para o chamado mandato tampão.

Atual presidente interina do Campinense, Graça Tavares desistiu de apresentar seu nome como opção nas eleições ao cargo máximo do clube,A dirigente, ocupa o cargo interinamente após a renúncia de Paulo Gervany,

PB Agora

Deixe seu Comentário