A sorte sorriu para o Inter de Milão neste sábado. A equipe jogou mal, mas venceu o Bologna por 2 a 1, fora de casa. Com o resultado, segue na liderança do Campeonato Italiano, agora 59 pontos ganhos. O time da casa, por sua vez, continua com 23 e ameaçado pelo rebaixamento.

 

Os times de José Mourinho não costumam dar espetáculo. Mas são eficientes. Em sua época de Chelsea, o português venceu boa parte dos jogos por apenas um gol de diferença, porque seu time não tinha vergonha de defender o resultado depois de sair na frente do placar.

Agora em Milão, a filosofia de trabalho é a mesma. O primeiro tempo do Inter de Milão foi feio, principalmente se levarmos em consideração a qualidade técnica de alguns dos seus jogadores. O time não se arrisca desnecessariamente nem permite muitos espaços para os adversários. Mas criou pouco e não chegou nem perto de marcar.

O Bologna também teve seus méritos. Se mostrou organizado nos primeiros 45 minutos. Com apenas um atacante, Di Vaio, se preocupava primeiro em marcar para depois atacar. Na única chance que teve, parou em Julio César. Volpi puxou um contra-ataque e cruzou para Bombardini. O goleiro saltou e se esticou todo para evitar que o meia empurrasse para o gol.

 

Na volta do intervalo, a eficiência do Inter de Milão apareceu. O jogo continuava morno, mas Adriano, de cabeça, escorou para Cambiasso, que chutou de perna direita para abrir o placar.

 

O time de Mourinho tinha a faca e o queijo na mão. Com a vantagem, passou a tocar ainda mais a bola, com cautela, chamando o adversário para o seu campo. O Bologna cresceu no jogo e passou a rondar a área de Julio César. A torcida ajudou o time a ir para cima. A pressão deu certo aos 34. Volpi cobrou escanteio na cabeça de Britos, que testou para baixo, vencendo o goleiro e Cambiasso, que estava encostado na trave direita.

 

O gol fez justiça, porque o Inter não jogava nada, mas a sorte resolveu soprar para o lado de Mourinho dois minutos depois. Balotelli, que acabara de entrar no lugar de Maxwell, cobrou falta. A bola cruzou a área e acabou enganando o goleiro Antonioli. O português, no banco do Inter, quase entrou em campo para comemorar o gol da vitória.

globo.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Felipe Melo marca no último lance, e Palmeiras vence a Chape na arena

Um gol de Felipe Melo, aos 54 minutos do segundo tempo, manteve vivo o sonho do Palmeiras de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Depois de muitas chances perdidas no segundo tempo,…

Flamengo vence Fortaleza de virada e mantém embalo no Brasileirão

O Flamengo segue imbatível no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Castelão, o time rubro-negro derrotou o Fortaleza, de virada, por 2 a 1 e manteve…