O Santos está firme e forte na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, o Peixe entrou com uma formação muito ofensiva, fez uma verdadeira blitz no início, abriu 2 a 0 em apenas 17 minutos de jogo e venceu o rival Palmeiras por este placar, pela 24ª rodada do torneio.

Gustavo Henrique, de cabeça, abriu a contagem aos 13, e Marinho ampliou apenas quatro minutos depois, aproveitando rebote dado pelo goleiro Jaílson em chute de Diego Pituca.

Nos minutos finais da partida, a torcida da casa ainda tirou onda com o adversário, gritando “olé, olé, olé” a cada toque na bola.

O Verdão, por sua vez, fez uma partida tenebrosa e pouco ameaçou a meta de Everson, que terminou com o uniforme limpo.

Após a partida, o lateral-esquerdo Jorge, da equipe da Baixada, desabafou contra Diogo Barbosa, do Verdão.

Ele afirmou que o palmeirense foi desrespeitoso no jogo do 1º turno, em que o Alviverde goleou por 4 a 0, e reclamou de falta de humildade.

“Sobre a primeira partida que perdemos para eles, a gente estava conversando agora no final que o lateral-esquerdo deles, se não me engano se chama Diogo Barbosa, tem que ficar mais atento com a humildade. A humildade faz a gente chegar em lugares altos, ele não tem nenhuma”, afirmou, ao Esporte Interativo.

“O lateral-esquerdo tem que tomar cuidado com as palavras. No primeiro jogo (do 1º turno) ele deu risadinha com o Victor Ferraz, dava de letra e ria de nós”, acusou.

Jorge também falou sobre a discussão que teve nos minutos finais com o volante Felipe Melo, que o criticou por supostamente fazer “firulas”.

“O Felipe Melo a gente sabe como é. É uma pessoa incrível mas dentro de campo se transforma. Não fiz nada para provocar ninguém. Ficamos tocando a bola, dei um passe para trás e o Felipe me xingou de vários nomes. O árbitro deve ter acabado o jogo tão rápido para não ter que expulsá-lo, pois ele estava pendurado com cartão”, opinou.

Com o resultado, o time comandado por Jorge Sampaoli vai a 47 pontos e rouba a vice-liderança justamente do rival alviverde.

No momento, a distância do Peixe para o líder Flamengo é de 5 pontos, mas os cariocas ainda jogam nesta quinta-feira, contra o Atlético-MG, no Maracanã.

Já a equipe de Mano Menezes, que sofreu sua 1ª derrota sob o comando do treinador, segue com 47 pontos, mas cai para a 3ª posição ao ser superada pelo clube da Baixada nos critérios de desempate.

Na próxima rodada, o Santos visita o Internacional, domingo, às 16h (de Brasília), no Beira-Rio.

Um dia antes, às 21h, o Palmeiras recebe o Botafogo, no Pacaembu

ESPN

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sampaoli corrige escalação, e Santos vence o Ceará de virada na Vila

O Santos venceu o Ceará por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol do Vozão foi marcado por Lima.…