A Paraíba o tempo todo  |

Com 19 medalhas, Brasil iguala o melhor resultado em Olimpíadas; país ainda tem chances de aumentar

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Brasil está a um passo de fazer a melhor campanha em Olimpíadas da história. Com 19 medalhas garantidas nos jogos de Tóquio, o país já igualou a marca do Rio 2016 e atingiu o melhor resultado em  jogos no exterior.

Até esta quinta-feira (5/8), o Brasil já conseguiu quatro medalhas de ouro, quatro de prata e oito de bronze, totalizando 16 pódios concretizados. Mas ainda estão garantidas mais três, de cor indefinida. São elas: ouro ou prata no futebol masculino, que será definido na final contra a Espanha no sábado (7/8); ouro ou prata no boxe masculino com Herbert Conceição no duelo contra o ucraniano Oleksandr Khyzhniak, que também será definido no sábado; e também ouro ou prata no boxe feminino com Bia Ferreira no duelo contra a irlandesa Kellie Anne Harrington, no domingo.

As conquistas até aqui tem acontecido com alguns feitos inéditos. O skate e o surf, que estão pela primeira vez em Olimpíadas, foram responsáveis por quatro medalhas para o Brasil, sendo três de prata e uma de ouro. Rebeca Andrade conseguiu duas medalhas inéditas na ginástica artística feminina. A dupla Luisa Stefani e Laura Pigossi surpreenderam ao conseguir o melhor resultado da história do tênis brasileiro com o bronze.

Apesar dos resultados positivos, o Brasil também não conseguiu medalhas que eram dadas como certas. Esta foi a primeira edição desde 1996, quando o esporte foi incluído nos jogos, que o país sai sem uma medalha no vôlei de praia.

No Rio de Janeiro, até então a melhor campanha brasileira, o país conseguiu 19 medalhas, sendo sete de ouro, seis de prata e seis de bronze, o que garantiu a 13° posição no quadro geral, ainda abaixo do que o Comitê Olímpico Brasileiro projetava, que era terminar entre os 10 primeiros países. Em Londres 2012, até então o melhor resultado do Brasil, o país terminou com 17 condecorações. Foram três ouros, cinco pratas e nove bronzes.

E o Brasil ainda tem chances de conseguiu passar o resultado do Rio de Janeiro. No vôlei masculino, o Brasil disputará o bronze no sábado contra o perdedor do confronto entre França e Argentina. No feminino, a seleção brasileira está na semifinal contra a Coreia do Sul, que será definido nesta sexta-feira. Na canoagem, o maior medalhista brasileiro em uma mesma edição, Isaquías Queiroz, tentará uma medalha na categoria individual. A disputa começa nesta quinta-feira.

O Brasil ainda compete na marcha atlética feminina nesta sexta-feira, com Érica de Sena, quarto lugar no mundial. E na maratona masculina, Daniel Nascimento tentará uma medalha neste sábado.

Relembre os medalhistas do Brasil

Até o momento, as quatro medalhistas de ouro do Brasil são do potiguar Ítalo Ferreira, no surf; da paulista Rebeca Andrade, no salto na ginástica artística; na vela com o bicampeonato de Martine Grael e Kahena Kunze; e na maratona aquática com a baiana Ana Marcela Cunha.

Garantiram a prata para o Brasil: Rebeca Andrade no individual geral da ginástica artística; no skate, a maranhense, Rayssa Leal, o paulista Kevin Hoefler e o catarinense Pedro Barros.

Por fim, o bronze ficou com Alison dos Santos, que foi ao pódio nos 400m com barreiras; Thiago Braz conseguiu no salto com vara; Abner Teixeira no boxe; Daniel Cargnin e Mayra Aguiar, no judô; Fernando Scheffer e Bruno Fratus, na natação; e a dupla Luisa Stefani e Laura Pigossi no tênis.

Relembre as medalhas da Rio 2016

Ouro

Atletismo (salto com vara) – Thiago Braz

Boxe – Robson Conceição

Futebol Masculino

Judô – Rafaela Silva

Vela – Kahena Kunze e Martine Grael

Vôlei Masculino

Vôlei de praia – Bruno Schmidt e Alison Cerutti

Prata

Erlon Souza e Isaquias Queiroz (Canoagem Velocidade)

Isaquias Queiroz (Canoagem Velocidade)

Arthur Zanetti (Ginástica Artística

Diego Hypolito (Ginástica Artística)

Felipe Wu (Tiro esportivo)

Bárbara Seixas e Ágatha Rippel (Vôlei de praia)

Bronze

Isaquias Queiroz (Canoagem Velocidade)

Arthur Nory (Ginástica Artística)

Rafael Silva (Judô)

Mayra Aguiar (Judô)

Maicon Andrade (Taekwondo)

Poliana Okimoto (Maratonas Aquáticas)

Redação com Correio Braziliense

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe