A Paraíba o tempo todo  |

COI veta revezamento internacional para tocha olímpica

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Comitê Olímpico Internacional decidiu proibir os revezamentos internacionais da tocha olímpica, antes de cada edição dos Jogos Olímpicos. Em reunião realizada em Denver, nos Estados Unidos, a entidade afirmou que a experiência, iniciada nos Jogos de Atenas/2004, fracassou no ano passado, antes de Pequim/2008, por causa dos protestos em vários lugares do mundo contra o regime totalitário chinês e a opressão ao Tibete.
 

"Depois de 2004 já havíamos pensado que era melhor que a tocha não saísse do país, e depois do ano passado vimos que era melhor não repetir mais a experiência", afirmou o diretor-executivo da entidade, Gibert Felli. Em 2004, a tocha chegou a passar pelo Brasil durante o trajeto – no ano passado, a visita à América do Sul passou pela Argentina.

A decisão de evitar o trajeto internacional já havia sido tomada pelos organizadores da Olimpíada de Londres/2012 e também dos Jogos de Inverno de Vancouver, no Canadá, no ano que vem. A medida agora terá de ser tomada pelos responsáveis pelos Jogos de Inverno de 2014, marcados para Sochí, na Rússia.

 

estadao.com.br

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe