O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, se mostrou convencido de que o novo sistema para determinar o campeão da categoria, baseado no número de vitórias, funcionará e vai melhorar a competição. Ele acredita que a mudança obrigará os pilotos a lutarem pelo lugar mais alto do pódio em todas as corridas.

– A ideia é fazer as pessoas correrem. Isso (mudança) fará com que os pilotos briguem mais pelas vitórias em vez de se contentarem com a segunda colocação – afirma o dirigente.

O dirigente comemorou a alteração no regulamento, a qual foi uma modificação de uma ideia sua.

– É uma modificação da idéia que eu havia proposto sobre o sistema de medalhas, mas é um bom começo. A exceção é que não haverá prêmios para o segundo e terceiro lugares. – diz Ecclestone à BBC Radio 5 Live.

 

Entenda o novo regulamento da F-1:

 

De acordo com o conselho mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o número de vitórias ao longo do ano decidirá o campeão. A pontuação acumulada será o critério de desempate caso dois ou mais pilotos somem o mesmo número de vitórias.

 

Segundo o novo regulamento, o sistema de pontuação decidirá o restante das colocações do campeonato, do segundo ao último lugar. A FIA manteve o sistema de pontos como na última temporada – com dez para o vencedor, oito para o segundo colocado, seis para o terceiro, e assim sucessivamente.

globoesporte.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário