Por pbagora.com.br

 Campinense e Operário-PR entram em campo neste domingo para decidir qual das duas equipes avança para a próxima fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Em Campina Grande, o clima é de euforia entre os torcedores do time raposeiro, que precisa de uma vitória por dois ou mais gols de diferença para avançar sem precisar de pênaltis na briga pelo acesso à Série C de 2016. Mas, ao que parece, o clima de rivalidade vai ficar apenas nas quatro linhas.

Em suas redes sociais, o Campinense publicou uma nota de solidariedade com os problemas enfrentados pela população de Ponta Grossa, terra do rival, que sofreu nesta semana com um temporal que destruiu mais de 200 casas.

 

Na publicação, a diretoria da Raposa lamenta a situação das quase 700 pessoas que tiveram suas casas destruídas, ficando completamente desalojadas. A nota ressalta ainda que a disputa entre os dois times deve ser restrita ao campo de jogo e que situações como essa, tragédias causadas por fenômenos naturais, são bem maiores que uma disputa esportiva, seja ela do tipo que for.

Neste domingo, a partir das 16h, no Estádio Amigão, Campinense e Operário-PR entram em campo para ver quem avança para a próxima fase da Série D nacional. Com a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo, o time paraibano precisa de dois ou mais gols de diferença para assegurar sua classificação para a sequência da quarta divisão do Brasileiro.
Vitória rubro-negra por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Vitória, empate ou mesmo derrota por um gol de diferença, desde que tendo marcado gols na casa do rival, dá a classificação ao Operário.

 

globoesportes.com