Por pbagora.com.br

 Nove jogos em um mês. A primeira fase do Campeonato Paraibano vai começar em ritmo acelerado com dois jogos por semana para o Botafogo-PB. Mas o treinador do Belo, Itamar Schülle, diz que não tem do que reclamar, mesmo com os três jogos no sertão no mês de janeiro contra Atlético de Cajazeiras, Sousa e Paraíba. Pelo contrário, o comandante do Alvinegro até prefere jogar no interior do Estado no mês de janeiro, e portanto antes do início da Copa do Nordeste em fevereiro.

– É uma tabela que vai exigir bastante no primeiro turno. A gente vai viajar muito para o Sertão. Vamos voltar e viajar de novo. Mas acho que temos que passar por isso, porque vamos ter a Copa do Nordeste iniciando no mês de fevereiro, então indo no início para longe, não vamos ter que viajar depois, quando o desgaste seria ainda maior – explicou Schülle.

O Belo estreia em casa contra o Internacional-PB, no dia 8 de janeiro. Depois viaja para o Sertão, onde enfrenta Atlético e Sousa nas rodadas seguintes. O time alvinegro ainda volta ao interior do Estado na última rodada do primeiro turno, quando enfrenta o Paraíba.

Os clássicos contra os times de Campina Grande estão marcados para acontecer no fim do turno. O Belo recebe o Campinense no Clássico Emoção no dia 29 de janeiro e joga com o Treze, no Clássico Tradição, no dia 1º de fevereiro, em Campina Grande.

– Vai ser um campeonato muito difícil. Por isso a necessidade de começar o trabalho antes para preparar o elenco para estar pronto no dia 8. Nós temos que viver jogo a jogo para chegar ao quadrangular e tentar levar o título, independente de quem venha a ser os adversários – ressaltou o treinador.

Redação com G1

Deixe seu Comentário