Ser árbitro de futebol é tarefa árdua até em rachão. Que o diga Andrade. Na manhã desta terça-feira, o auxiliar-técnico do Flamengo virou alvo do goleiro Bruno durante treino na Gávea.

Depois que a atividade terminou, enquanto os jogadores seguiam para o vestiário, o goleiro se irritou com as marcações do “juiz” e recebeu uma repreensão:

– Está reclamando de quê? Você não é nada – disse Andrade.

O goleiro rebateu rispidamente:

– Quando era jogador, você ganhou tudo. Mas como técnico não ganhou nada – berrou.

A cena causou constrangimento. Andrade, campeão do mundo em 1981 pelo Flamengo, não respondeu e Fábio Luciano interferiu e mandou o goleiro treinar cobrança de faltas. A diretoria e o técnico Cuca tomaram conhecimento do episódio, mas ainda não se pronunciaram. O treinador atrasou o início da coletiva por 30 minutos e conversou separadamente com o auxiliar.

Pouco antes, o volante Ibson teve atitude mais branda, mas também irritadiça. Ele recebeu uma entrada violenta de Juan e ficou inconformado. Alguns minutos antes de o rachão terminar, ele jogou o colete no chão e saiu andando sozinho.

O Flamengo enfrenta o Duque de Caxias nesta quarta-feira, em Volta Redonda. A delegação segue para a Cidade do Aço ainda nesta tarde.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

SOS: Jogadores do Bahia entrarão em campo com camisa manchada de óleo

Em protesto contra o vazamento de óleo que assola as praias do Nordeste, o Bahia entrará em campo nesta segunda-feira (21) pelo Campeonato Brasileiro contra o Ceará, em Pituaçu, com…