A Paraíba o tempo todo  |

Belo-PB desperdiça pênalti, mas vence o Sousa e encosta no líder do Paraibano

Foto: Guilherme Drovas

Na tarde de domingo (27), no estádio Almeidão, em João Pessoa, Botafogo-PB e Sousa se enfrentaram em partida válida pela oitava rodada do Grupo A do Campeonato Paraibano buscando a liderança da chave. Com gol do zagueiro Gabriel Yanno, o Belo conseguiu a vitória, mesmo ainda desperdiçando uma penalidade com Gustavo Coutinho. Agora, o clube da estrela vermelha divide a primeira posição com o Dino.

Pelo lado do time da casa, o técnico Gerson Gusmão teve o retorno de Pablo, manteve Alessandro no meio-campo em detrimento de Esquerdinha, que foi opção, e pela primeira vez foi relacionado o atacante Rafael Barros, que se machucou na semana que chegou ao clube e ainda não havia sequer ficado no banco de reservas. Por sua vez, o Dino do treinador Tardelly Abrantes promoveu o atacante Otacílio Marcos à equipe titular, enquanto o restante do time tem sido o mesmo que vem entrando em campo nos outros jogos.

Quem abriu os trabalhos do confronto foi o Belo, e com algo que vem sendo comum na equipe. Aos 5 minutos, Leilson cobrou escanteio da esquerda e tentou o gol olímpico. O goleiro teve dificuldades, mas espalmou a bola.

O arqueiro do Dino fez outra defesaça aos 13 minutos. Alessandro cruzou da esquerda e Gustavo Coutinho desviou de cabeça no canto esquerdo, mas o camisa 1 se esticou todo e desviou a bola pela linha de fundo.

Depois de sofrer uma pressão inicial, o Sousa passou a ocupar mais o campo de ataque, mas sem conseguir finalizar. Para completar, aos 31 minutos, Otacílio Marcos precisou ser substituído por lesão e Jó Boy entrou em seu lugar.

Segundo tempo

Após o intervalo, Esquerdinha entrou no lugar de Alessandro no Botafogo-PB, que resolveu se lançar ao ataque, e assustou aos 6 minutos com um chute de Leilson, de fora da área, que passou sobre a meta.

O primeiro chute perigoso do Dinossauro do Sertão veio só aos 8 minutos do segundo tempo, quando Juninho arriscou da intermediária, e a bola passou muito travessão de Luís Carlos, que vinha só assistindo ao jogo.

Mas o gol saiu mesmo foi de bola parada. Aos 25 minutos, Leilson cobrou escanteio da direita e Gabriel Yanno desviou de cabeça para estufar as redes de Ricardo e abrir o placar no Almeidão.

Um minuto depois, Kesley invadiu a área pela esquerda, foi derrubado por Iranilson e o árbitro Afro Rocha marcou pênalti.

Aos 28, Gustavo Coutinho, que converteu contra o Náutico, na decisão das quartas de final da Copa do Nordeste, foi para a bola, mandou no canto esquerdo de Ricardo, que fez a defesa, evitando o segundo do Belo, mandando para escanteio.

Na cobrança, Esquerdinha também tentou olímpico. A cobrança foi rasteira, cruzou toda pequena área e não apareceu ninguém para empurrar para as redes.

Com a vitória, o Botafogo-PB encosta na liderança, ultrapassa o São Paulo Crystal, chega a 11 pontos e fica na segunda posição, com a mesma pontuação do próprio Sousa, que segue na ponta do Grupo A. Os dois times voltam a se enfrentar no próximo domingo (03), às 16h, no Marizão. Antes, o Belo enfrenta o São Paulo Crystal, no Almeidão, na quinta-feira (31).

Fonte: Equipe Voz da Torcida

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe