A comitiva da Fifa chegou nesta segunda-feira às 10h40m a Belo Horizonte para visitar a cidade, uma das candidatas a sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014. O grupo foi recepcionado pelo vice-governador Antônio Anastasia, já que o governador Aécio Neves está viajando pelo exterior. No próprio aeroporto de Confins, os três integrantes da Fifa participaram de uma apresentação com representantes da Infraero por cerca de 20 minutos.

 

Depois, eles embarcaram em um helicóptero para um voo de 30 minutos por Belo Horizonte. Eles vão sobrevoar os Centro de Treinamentos do Cruzeiro e do Atlético-MG e também vão passar pela Linha Verde, pela região da Savassi para observar os hotéis e pela Pampulha, antes de chegarem ao Mineirão. No estádio, o Governo de Minas Gerais vai fazer uma rápida apresentação de 20 minutos para explicar alguns pontos da reforma do estádio e do projeto de infraestrutura da cidade para receber os jogos da Copa do Mundo aos três representantes da Fifa que estão no Brasil para preparar o relatório técnico sobre as cidades: Thierry Weil, diretor de marketing, Dick Wiles, co-chairman da empresa Match, e Fulvio Danilas gerente da Fifa e responsável pelo projeto Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. Além deles, a comitiva tem a presença de representantes do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014: o presidente de CBF, Ricardo Teixeira, Joana Havelange, Rodrigo Paiva, Mário Rosa, Carlos Geraldo Langoni, Alexandre Silveira e Carlos de La Corte (consultor de estádios).
 

Belo Horizonte pleiteia ser o palco de abertura do Mundial, mas São Paulo é o favorito. Para a abertura do Mundial, a Fifa exige que o estádio tenha a capacidade para 75 mil. Pesam contra a cidade mineira o setor hoteleiro – atualmente há apenas um hotel cinco estrelas na cidade -, e o sistema de trânsito. Por isso, os investimentos vão se concentrar para tentar resolver esses problemas. O Governo do Estado prevê a ampliação do metrô para ligar a região da Savassi até o Mineirão (obra estimada em R$ 800 milhões), a ampliação da Avenida Antônio Carlos (um dos principais acessos ao estádio) e a revitalização da Av. Amazonas.

 

Depois da visita a Belo Horizonte, a comitiva da Fifa segue para Brasília, onde nesta segunda-feira à tarde vistoria a cidade. Os representantes da entidade ainda vão visitar Goiânia, Campo Grande, Cuiabá, Rio Branco, Manaus, Belém, Salvador, Recife, Natal e Fortaleza (Veja no infográfico abaixo o roteiro).
 

 

O relatório técnico produzido pela comitiva será entregue ao comitê executivo da Fifa, que nos dias 19 e 20 de março, em Zurique, na Suíça, vão escolher as 12 cidades que receberão os jogos da Copa do Mundo de 2014. Apesar de não ter a confirmação oficial da CBF nem da Fifa, cinco cidades já estão confirmadas como sedes: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília. E outras quatro estão praticamente certas e só ficariam fora se o projeto tiver muitas falhas e se não apresentarem garantias para os investimentos necessários para as obras de infra-estrutura: Curitiba, Fortaleza, Recife e Salvador.

 

Com isso, sobrariam apenas três "vagas", que são disputadas entre oito candidatas. Como uma das sedes será no Pantanal, Campo Grande e Cuiabá fazem uma disputa particular. Uma outra sede será na Amazônia e três cidades lutam para receber os jogos: Belém, Manaus e Rio Branco. A última vaga ficaria entre Florianópolis, Natal e Goiânia. A capital de Santa Catarina seria a favorita nesta disputa.
 

globoesporte.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fluminense empata com o Corinthians pela Sul-Americana

No primeiro jogo pós-Fernando Diniz, o Fluminense conseguiu sair da Arena Corinthians com um empate que mantém viva a esperança de classificação nas quartas de final da Copa Sul-Americana .…

PM define esquema de segurança com 350 homens para Clássico Tradição

A Polícia Militar definiu o esquema de segurança com 350 homens para Clássico Tradição, marcado para este sábado (24) às 17h em Campina Grande. O jogo, válido pela última rodada…