Por pbagora.com.br

Rubens Barrichello liderou a dobradinha brasileira no primeiro treino livre para o GP de Mônaco, que será disputado no próximo domingo. O piloto da Brawn GP marcou 1m17s189, 310 milésimos mais rápido que o compatriota Felipe Massa, da Ferrari. Lewis Hamilton, atual campeão do mundo, foi o terceiro colocado com a McLaren, seguido pelo companheiro Heikki Kovalainen.

 

Jenson Button, líder do campeonato, não fez um bom treino em Mônaco e ficou apenas com o oitavo tempo. O inglês da Brawn GP marcou o tempo de 1m18s080 e ficou 891 milésimos atrás de Rubens Barrichello, seu companheiro de equipe e melhor no primeiro treino livre.

 

Kimi Raikkonen, companheiro de Felipe Massa, marcou o quinto tempo com sua Ferrari, seguido por Kazuki Nakajima, da Williams. Nico Rosberg, conhecido como o "Rei das sextas-feiras" neste ano, por causa de seu domínio nos treinos livres, parece ter sentido a programação atípica de Mônaco (as primeiras sessões são na quinta-feira) e ficou apenas em sétimo lugar. Fernando Alonso, da Renault, foi o nono e Mark Webber, da RBR, completou a lista dos dez primeiros colocados.

 

Com 36 voltas, Nelsinho Piquet foi o segundo piloto que mais andou neste primeiro treino, só atrás de Sebastien Buemi, da STR, com 37. O brasileiro da Renault foi o 12º colocado na abertura das atividades em Mônaco, 2s015 mais lento que Rubens Barrichello e três posições atrás de seu companheiro de equipe.

 

O primeiro treino livre transcorreu sem incidentes. Apenas os carros da RBR, que estreia o difusor duplo, tiveram problemas. Sebastian Vettel teve seu motor quebrado quando percorria o túnel do circuito de Monte Carlo. Já Mark Webber teve de se arrastar para os boxes por causa de uma estranha vibração na parte traseira de seu RB5.

 

globoesporte.com

Deixe seu Comentário