Por pbagora.com.br

Normalmente, quando Ronaldo aparece nos treinamentos do Corinthians os cliques das máquinas fotográficas parecem metralhadoras. Só que nesta sexta-feira, o Fenômeno ficou no Parque São Jorge em tratamento e não apareceu no Parque Ecológico. De qualquer maneira, porém, o centro das atenções era outro: André Santos.

Um dia depois de sua primeira convocação para a seleção brasileira (ele foi chamado para dois jogos das eliminatórias e também para a Copa das Confederações), o lateral-esquerdo apareceu no local de treinamento depois de uma sessão de atividades físicas junto do atacante. Eufórico e emocionado, André falou sobre a realização de um sonho.

Embora existisse a expectativa pelo chamado de Dunga, o lateral corintiano afirmou que foi pego de surpresa. Chegou em casa após o retorno do Rio de Janeiro, onde o Timão passou pelo Fluminense na Copa do Brasil, esquentou um prato de comida, ligou a televisão no SporTV e esperou pela convocação. A notícia o fez até esquecer a refeição.

– Meus familiares me ligaram na hora, muita gente me ligou para parabenizar. Fiquei muito emocionado. O Ronaldo também me ligou para dar os parabéns. E esta manhã, juntos no clube, nós conversamos. Ele falou que vai ligar lá para o pessoal da seleção e pedir para cuidarem do filho dele – lembrou o jogador do Timão.

André Santos e Ronaldo dividem o quarto nas concentrações do Corinthians e sempre que os exercícios são em dupla estão juntos nos treinamentos. Por isso, a opinião do Fenômeno é muito importante para o lateral-esquerdo. Mas tem outra pessoa a quem o jogador é grato pelo apoio sempre dado: o técnico Mano Menezes, que tem a palavra:

 

– A convocação do Dunga foi coerente em relação aos jogadores que estão se destacando no futebol brasileiro. Foi bom para o André e para o Corinthians, que volta a ter um jogador convocado para a seleção brasileira – discursou o comandante.

Ciente que a cobrança em cima do seu rendimento vai aumentar ainda mais agora que ele foi convocado, André Santos diz estar tranqüilo. Tranqüilidade, no entanto, ele não teve esta manhã. Depois de falar com a imprensa no Parque Ecológico, o jogador ainda ficou por mais uma hora e meia atendendo exclusivamente alguns veículos.

É, André Santos, vida de jogador de seleção é diferente. Seu amigo Ronaldo sabe bem como é
 

 

 

G1

Deixe seu Comentário