Na última partida antes de o técnico Jorge Jesus assumir, o Flamengo venceu o CSA desfalcado com dificuldade, mas o auxiliar Marcelo Salles passa o bastão com o time na terceira posição na tabela do Brasileiro, de volta ao G-4. Foram quatro jogos, três vitórias e um empate, todos sem levar gol.

— A gente sabe que precisava somar ponto para terminar bem antes da parada, para poder treinar com o novo treiandor, agora é voltar com tudo e foco na preparação — disse Éverton Ribeiro, destaque do jogo, que comentou a expectativa pelo treinador. interessa.

O novo comandante terá a missão de manter a consistência defensiva e dar um novo astral para o ataque. Apesar dos gols de Vitinho e Gabriel, o setor dá claros sinais de falta de encaixe. Em que pese o desfalque de quatro titulares, o Flamengo não foi bem. A ausência de Arrascaeta e Diego foram sentidas. E o time ainda teve um suposto pênalti contra não marcado.

Vale ressaltar ainda a boa partida do goleiro Jordi, ex-Vasco, agora no CSA. No entanto, o setor de criação rubro-negro, antes de parar no goleiro, esteve muito pouco inspirado. Em dado momento, com Bruno Henrique e Gabriel bem marcados, houve mudança de posição, com os homens de frente alimentados por Éverton Ribeiro, o cérebro do time. Houve, no entanto, dificuldade de progredir por dentro do campo e os laterais Renê e Rodinei não viveram boa noite. Tanto que o cruzamento para o gol de Vitinho foi em bola levantada por Ribeiro.

Na melhor jogada trabalhada, Vitinho e Ribeiro tabelaram e o meia achou Arão entrando na área para driblar um defensor e achar Gabriel livre para cabecear. No dia 10 de julho, o time enfrenta o Athletico-PR, pela Copa do Brasil.

Santos – O Santos contou com gol de Eduardo Sasha para vencer o Corinthians, na Vila Belmiro, pela vantagem mínima, para dormir na liderança do Campeonato Brasileiro. 

 

 

 

O Peixe chegou aos 20 pontos, um a mais que o agora vice-líder Palmeiras, que ainda joga na rodada. Já o Timão fica no meio da tabela.  Timão se defende Com Ramiro no lugar de Sornoza, Carille optou por consistência defensiva. Afinal, o ataque santista vem mostrando poder de fogo. E a escalação do técnico corintiano pôde ser explicada quando, logo com três minutos de jogo, Jean Lucas mandou arremate forte que parou em Walter. 

 

O Santos tinha qualidade para chegar na frente desde a saída de jogo, com Jean Lucas e Diego Pituca saindo bastante para o jogo. As linhas do time do Sampaoli eram bem adiantadas, muitas vezes até com os zagueiros no campo de ataque para iniciar as jogadas.  Com o tempo, porém, o Corinthians acertou a marcação e tirou Jean Lucas e Pituca do jogo.

 

Com mais dificuldade na saída de bola, o Peixe apareceu com menos frequência na frente.  Se coletivamente o Alvinegro Praiano já não mostrava força para criar muito, Marinho tentou resolver em jogada pessoal. O atacante fez bela jogada pela direita e bateu forte, mas para fora. 

 

 

Do outro lado, o que falar do Timão no ataque? É melhor jogar os fatos na mesa: 40% de posse de bola e apenas um chute em todo o primeiro tempo, contra 11 do rival.  Sasha fura bloqueio O Santos seguiu quem mais queria jogo na volta do intervalo, até que conseguiu, enfim, o gol. Jorge tabelou com Soteldo pela canhota e a bola sobrou para Eduardo Sasha, que bateu de canhota para mandar para a rede.  Carille tinha o desafio de colocar um apático time do Corinthians no jogo. Buscando mais ofensividade, o técnico colocou Everaldo na vaga de Jadson.  A alteração não melhorou o ataque corintiano. Carille tentou em seguida Gustagol, e por último Sornoza. Mas nada de o time conseguir ser mais criativo.  Melhor durante todo o jogo, com muito mais repertório, o Peixe ainda meteu bola na trave com Sasha, mas não precisou do segundo gol para ficar com os três pontos. 

Extra com ogol.com.br

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dois jogos definem hoje os semifinalistas do Campeonato Paraibano da 2ª divisão

Com o termino do Campeonato Paraibano da segunda divisão, se aproximando, neste domingo (15), dois jogos vão definir, as equipes classificadas para as semifinais do campeonato. Pelo Grupo Litoral/Brejo, o…

Oficialmente eleito, presidente do Campinense promete time forte para temporada 2020

Oficialmente eleito presidente do Campinense, Paulo Gervany predente montar um time forte para a temporada 2020. Candidato único ao cargo máximo do clube, o dirigente precisou apenas de um pleito…