Por pbagora.com.br

O Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP) realizou reunião no auditório da Assossiação Comercial de Patos com o objetivo de lançar a Campanha Salarial 2009 dos professores municipais de Patos.

Na ocasião, os professores de Patos decidiram paralisar suas atividades no próximo dia 06 de março, onde na oportunidade, realizarão uma assembléia geral, às 8h no Auditório da Associação Comercial de Patos.

A decisão de paralisação foi mediante a orientação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) para que todas as entidades filiadas, neste mês de março, realizem assembléias, paralizações localizadas, objetivando o cumprimento da lei 11.738/2008 por parte dos governadores e prefeitos. A lei trata da implantação do piso nacional do magistério.

A categoria reivindicará pela implantação do piso de R$ 950,00 retroativo ao mês de janeiro de 2009, uma vez que em fevereiro não foi acrescido ao salário sequer dos R$ 50,00 concedido ao salário mínimo nacional pelo governo Lula.

 

Além da proposta de aumento salarial os professores exigem melhores condições de trabalho, transporte escolar para o deslocamento ao trabalho e a convocação dos aprovados no último concurso público.

 

Como a maioria dos profissionais da educação são mulheres, irão também aproveitar o dia para participar de uma caminhada no Município.

 

Fonte: Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo da PB define plano de retorno das aulas presenciais

Com à Paraíba ainda travando uma batalha para conter o avanço do Covid-19, o Governo do Estado definiu um plano de retorno das aulas presenciais nas escolas, mas sem data…

Levantamento do IBGE revela que 112 mil alunos ficaram sem aulas na Paraíba

Cerca de 112 mil alunos de 6 a 29 anos não tiveram atividades escolares em agosto, na Paraíba, conforme dados da Pnad Covid-19, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e…