A Paraíba o tempo todo  |

Lei obriga que eventos esportivos na PB divulguem mensagens de combate à violência contra a mulher

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Entrou em vigor, a Lei que obriga que eventos esportivos na Paraíba divulguem mensagens de combate à violência contra a mulher. A obrigatoriedade fazer de uma lei publicada nesta quarta-feira (16) no Diário Oficial do Estado (DOE). As mensagens de combate à violência contra a mulher devem ser expostas durante a realização de eventos esportivos nos estádios, quadras poliesportivas e recração, na Paraíba.

A Lei de autoria do deputado João Gonçalves (PDO), determina que a divulgação de mensagens será de acordo com a dimensão de cada evento, podendo ser através de monitores ou banners, enquanto o evento durar.

Além disso, as mensagens devem dispor o o número da Lei Maria da Penha (Lei Federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006, o número do telefone da Central de Atendimento à Mulher (180), o número do telefone da Polícia Militar (190), e os números dos telefones das Delegacias Especializadas da Mulher.

O descumprimento da lei pode acarretar pagamento de multa que deve ser fixada entre R$ 1 mil e R$ 30 mil. Em caso de reincidência, a multa prevista pode ser aplicada em dobro.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe