Por pbagora.com.br

Em tempos de pandemia, o governador da Paraíba, João Azevêdo, sancionou a Lei nº 11.694 aprovada pela Assembleia Legislativa (ALPB), em que garante descontos nas mensalidades das escolas privadas da Paraíba, enquanto durar à pandemia do Coronavírus. A lei de autoria dos deputados Adriano Galdino, Ricardo Barbosa, Lindolfo Pires e Estela Bezerra foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (28).

No texto, o governo vetou o artigo que assegurava os descontos para as instituições que estão oferecendo aulas remotas, em que os professores interagem com os alunos e cumprindo a carga horária determinada.

O veto retorna para Assembleia Legislativa para ser apreciado. O projeto defende desconto de entre 5% e 25%, para as escolas que oferecem aulas remotas.
De acordo com a lei sancionada, não estarão livres as escolas e faculdades que apenas fornecerem conteúdo online estático e gravado para seus alunos. As aulas tem que ser dadas pelos professores em tempo real.

E também deve ser adotada para os casos em que os alunos já dispunham, por alguma razão, de descontos que variam de 10 a 30%,

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inquérito sorológico vai ser feito na PB para avaliar retorno de aulas presenciais

Um “inquérito sorológico” vai ser realizado em duas mil residências da Paraíba para avaliar a possibilidade do retorno às aulas presenciais nas escolas paraibanas. A informação foi repassada pelo secretário…

Professora Célia Regina aponta autonomia e política estudantil como prioridades na UEPB

A professora Célia Regina, pró-reitora de Gestão de Pessoas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e pré-candidata à Reitoria da instituição, garantiu em entrevista realizada nesta quarta-feira (23), na Rádio…