Por pbagora.com.br

Programa oferece bolsas integrais e parciais para instituições de ensino superior da rede privada

 

O prazo para os estudantes interessados em uma das bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) concluírem suas inscrições encerram nesta sexta-feira (17). Nessa edição, o programa beneficiará 167.780 estudantes.

Após o fim das inscrições, a divulgação do resultado da 1ª chamada ocorrerá no dia 21 de julho. A comprovação de informações da 1ª chamada será até o dia 28 deste mês e o resultado da 2ª chamada será no dia 4 de agosto.

“Nunca houve uma edição tão transparente, eficiente e sem problemas como a deste ano. Hoje, quando terminar o prazo, todos os estudantes interessados em concorrer a uma bolsa do ProUni terão conseguido. Todas as inscrições foram feitas sem problemas de servidor, sem indisponibilidade de sistemas, com o site no ar em 100% do tempo”, afirma a presidente Associação Nacional das Universidades Privadas (Anup), Elizabeth Guedes.

Ainda conforme a presidente da Anup, não haverá adiamento ou ampliação do prazo, já que todas as metas estabelecidas foram cumpridas. “O ProUni de 2020 poderá ser responsável, em parte, pela recuperação econômica de instituições de ensino superior, já que com as bolsas concedidas com fundos do programa, professores e alunos são mantidos em sala de aula, mesmo sem a previsão de normalidade”, pontua Guedes. 

ProUni

O ProUni oferece bolsas integrais e parciais para instituições de ensino superior da rede privada. Segundo o Ministério da Educação (MEC), o programa dispõe de 60.551 bolsas integrais e 7.229 bolsas parciais, que cobrem 50% da mensalidade do curso selecionado.

Podem se candidatar ao ProUni os estudantes que fizeram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e alcançaram, no mínimo, 450 pontos, além de terem recebido nota maior que zero na redação.

 

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

EAD facilita acesso à educação superior; matrículas cresceram 145%

Flexibilidade para estudar quando e onde quiser, economia com material didático e transporte, e mensalidades mais baixas são algumas das vantagens já conhecidas dos cursos a distância. Porém, nem sempre…